31 maio, 2014

Hora certa para protestar

Diferentes chutes dentro e fora dos gramados, por Carlos Latuff

___– Poxa, será que essa gente não se toca? Tinha que ter protestado contra a Copa antes. Agora não é mais hora disso!
___Você não sabe qual é a hora certa para protestar? Não se preocupe, os seus problemas acabaram! Depois de uma longa pesquisa, feita durante todo o ano com motoristas parados no trânsito de São Paulo em dias que não havia protesto (mas que os carros estavam parados do mesmo jeito), o Instituto Incautos do Ontem de Pesquisas Avançadas conseguiu montar um calendário mostrando quais os meses certos para protestar. 

- Janeiro: “O ano mal começou. Fazer protesto agora não adianta nada. Deixa para o mês que vem.”.

- Fevereiro: “Neste mês vai ter carnaval. Não vai funcionar fazer protesto agora. Deixa para depois.”.

- Março: “Logo depois do carnaval não dá, tudo começou a funcionar agora. As pessoas estão voltando para o trabalho. Deixa para o mês que vem.”.

- Abril: “Agora não dá. Abril tem feriados próximos. As manifestações vão ficar esvaziadas. Deixa para protestar no próximo mês.”.

- Maio: “Neste mês tem Dia das Mães, não é bom protestar agora. Vai que tem confronto com a polícia e você é preso. Já imaginou o desgosto que você vai causar para a sua mãe? Deixa isso para depois.”.

- Junho: “Está já no meio do ano. Protesto agora não dá certo. Deixa para o segundo semestre.”.

- Julho: “Você sabe que quem vai a passeata é estudante. Julho é mês de férias, os estudantes não vão estar aqui. Deixa o protesto para mais tarde.”.

- Agosto: “Os estudantes acabaram de voltar para as aulas. Ninguém vai participar de protesto agora. Deixa para o próximo mês.”.

- Setembro: “Em setembro a polícia é mais violenta. Não recomendo fazer manifestação agora. Deixa para depois.”.

- Outubro: “Outubro é mês de eleições. Ao invés de protestar, vote direito agora. Deixa para o mês que vem.”.

- Novembro: “Este mês é difícil. Os estudantes têm as provas de fim de ano, os trabalhadores estão cansados. Não vai funcionar marcar alguma manifestação agora. Deixa para o próximo mês.”.

- Dezembro: “Este ano já acabou. Agora não dá mais para protestar. Deixa para o ano que vem.”. 

###

O contrário de "vazio", por Laerte

###

___Para algumas pessoas, nunca é hora de protestar. E, se for para levar a sério essa forma de pensar, pode ter certeza que nada nunca vai mudar. 
___Quer saber a hora certa de protestar? Fácil: o momento certo é quando algo errado está acontecendo, a hora certa é sempre agora. 

#####

P.S.: Citando o sempre ótimo Leonardo Sakamoto, “Usar a Copa para conquistar direitos não é chantagem. É oportunidade”.



18 maio, 2014

Jornalismo sincero

___Hora dessas, entrando no You Tube, cruzo com uma propaganda da Veja

Propaganda da Veja

___Eu, que tenho asco da Veja e evito saber que banda ela está tocando e quais suas propagandas, apreciei o reclame. Pode-se acusá-la de tudo – de homofóbica, de incompetente, de racista –, só não dá para acusar a Veja de ser indiferente. Diga-se de passagem, a revistinha serve de ótima fonte para exiplicar para estudantes o que é e como pensa a Direita.
___Quem leva a Veja a sério, assina e a lê com o objetivo de se informar, sem dúvida não vai conseguir ficar indiferente. Eu, pessoalmente, acho que temos é de levar a sério o pessoal da publicidade da revista. Inclusive, recomendo que, na próxima promoção de assinaturas, presenteiem os assinantes com um DVD dO nascimento de uma nação

11 maio, 2014

Como (não) educar uma criança

Postagem dedicada a Frank Jaava
que, como Adriano, acabou de virar pai.

___Certo dia, logo depois do nascimento do meu sobrinho, minha sogra chegou e disse: 
___– Agora que você vai conviver com uma criança, é bom você se instruir direito sobre o assunto e sanar as falhas da sua formação incompleta. 
___Fiquei um pouco embasbacado com a fala e, antes que eu pudesse esboçar alguma reação, ela me estendeu um livro: As Crianças, “baseado nas obras de L. Ron Hubbard”.

Manual de cientologia sobre como educar crianças

___Sim, é um “manual” sobre como educar crianças, baseado nas ideias do doido que fundou a Cientologia. 
___Devo ter feito uma careta quando me toquei do que se tratava, pois minha sogra logo emendou:
___– Larga de ser preconceituoso. Tudo que está no livro tem um bom motivo para ter sido colocado aí. Leia que você vai ver como vai ajudar.
___Sorri amarelo e guardei o livro. Só que minha sogra não esqueceu e, sempre que me encontrava, cobrava a leitura. “Você já leu o livro sobre como educar uma criança? Tem que ler logo ou vai ser tarde demais. Seu sobrinho vai crescer e você vai fazer um monte de bobagens.”. 
___Concordo que vou fazer um monte de bobagens, mas considero isso a coisa mais natural do mundo. Também considero natural não querer a minha sogra enchendo o meu saco, reclamando na minha orelha, incomodada com a minha “formação incompleta” e, portanto, peguei o livro para ler. 

###

___Como era de se esperar de uma obra religiosa, o texto é cheio de verdades universais, estereótipos pobres e fórmulas prontas. Bem do tipo se você fizer tal coisa com um bad boy, magicamente você obterá tal resultado. Mesmo assim, avancei. 
___Avancei até chegar ao ponto em que o livro explica um dos grandes motivos para a educação das crianças na nossa sociedade não dar certo. Cito:
A razão pela qual as pessoas começaram a confundir as crianças com cães e começaram a treinar as crianças com força, está no campo da Psicologia. O psicólogo trabalhou em ‘princípios’ como os seguintes:
‘O Homem é mau.’
‘O Homem tem de ser treinado para ser um animal social.’
‘O Homem tem de adaptar-se ao seu ambiente.’
Como estes postulados não são verdadeiros, a psicologia não funciona. E se alguma vez viu uma pessoa destroçada, ela é o filho de um psicólogo profissional. A atenção no mundo à nossa volta, em vez da atenção nos textos que alguém pensou, depois de ter lido os textos de outra pessoa, mostra-nos o erro destes postulados.
___Duvidam? Dá para ler aqui na internet. Tomem o link

###

___Portanto, segundo o livro que iria me ajudar a criar uma criança, a Psicologia não funciona. Mais do que isso, todos os psicólogos partem do pressuposto que “O Homem é mau.”. E, por fim, sem a menor sombra de dúvida, “uma pessoa destroçada, ... é o filho de um psicólogo profissional”*.
___Pouco depois de ler outras barbaridades do tipo, achei que já tinha o bastante para dizer para a minha sogra que ler aquele livro tinha mais chance de fazer mal para o meu sobrinho do que bem.** Ela, revoltada, disse que eu sou um preconceituoso, que não me abri para a mensagem do livro, blábláblá, filho de psicólogo, blablabla. 
___Não tenho paciência, nem muita vontade de ficar lutando para fazer com que minha sogra deixe de ter essas visões de mundo deturpadas. Prefiro continuar focando minhas forças em fazer com que o meu sobrinho veja o mundo (e os psicólogos) de uma maneira melhor

__________
* A expressão “pessoa destroçada” é o que aparece na página oficial dos cientólogos aqui na internet. O livro, na página 5, diz que “se alguma vez você viu uma ruína, esta é o filho de um psicólogo profissional.”. 
** Para falar a verdade, acho que ver esse pequeno vídeo do Nyan Cat tem mais chance me ajudar a ser um bom tio do que ler aquele lixo. 

09 maio, 2014

Políticos: responder ou não responder, eis a questão

___Uma professora inteligente com quem eu trabalhei comentou no Facebook: "Nada como o ano de eleição pra fazer um político responder a um tweet seu... hahahaha". 
___Comentei que os políticos costumam responder os e-mails que eu envio. É uma das obrigações de um político eleito prestar contas aos seus eleitores (ainda mais tendo assessores para auxiliá-los nisso). "Quando não respondem", completei, "eu reclamo publicamente.".*
___Ela me mandou o link do tweet dela e descobri, então, que o seu interlocutor foi Geraldo Alckmin, o governador de São Paulo. O caso me lembrou de um tweet que eu enviei.

###

___Quando a PM de São Paulo, alegando coibir a atitude de "manifestantes vândalos", cercou alguns cidadãos em um dos protestos do #NãoVaiTerCopa, o governador twittou: "Ontem a @PMESP agiu com rapidez e inteligência e cercou os vândalos organizados antes que se espalhassem e provocassem depredações."

Governador Geraldo Alckmin apoiando os crimes da PM de SP.

___Como eu não vi nenhuma prova de que aquelas pessoas cercadas aleatoriamente pela polícia militar eram vândalas, resolvi pesquisar. Rapidamente encontrei a notícia de que o jornalista Reynaldo Turollo Jr., que tinha ido ao local apenas a trabalho (não para depredar algo), estava entre os cercados pela PM. Opa, parece que a polícia talvez não tenha tido tanta inteligência assim e acabou pegando pelo menos uma pessoa que não era vândala. Será que pegou mais de uma?
___Mais do que isso, o repórter Reynaldo Turollo Jr. gravou um vídeo do fato e, no meio da gravação, foi agredido por um policial. Eu, que já não achei correto cercar quem foi se manifestar, acho, quase com certeza, que o policial que agrediu o jornalista e os outros que não interviram agiram de forma criminosa.


___Como o tweet do governador apenas elogiava a atitude da PM, achei que valia a pena questioná-lo um pouquinho. Escrevi: "Agredir jornalista/cidadão q estava filmando o cerco foi agir 'com rapidez e inteligência'? http://tinyurl.com/ku5zbm2". Didaticamente, dei até o link/a prova documental de que algo de errado havia acontecido.

Questionando um governador criminoso

___Eu já esperava não obter resposta alguma. Mesmo assim, acho que vale a pena formular algumas hipóteses para entender o motivo para que uma resposta nunca tenha vindo.
- Será que Geraldo Alckmin não me respondeu por não ter conseguido ler o meu tweet? Será que o governador tem poucos assessores?
- Será que o governador de São Paulo não aceita críticas? Será que ele ignora os cidadãos que não o apoiam?
- Será que Alckmin não consegue enxergar os erros da PM? Ou ele aprova todas as atitudes da polícia? Aprova inclusive cercar quem não é vândalo e agredir um jornalista que está apenas filmando?
- Será que o PSDBista não quis admitir o erro que foi apoiar a atitude violenta e antidemocrática da polícia?
- Será que o governador não me respondeu pois mandar um eleitor à merda não faria bem para sua carreira política?
___Não sei a resposta de nenhuma dessas perguntas. Mesmo assim, sem dúvida, sei que o governador de São Paulo aprova que a PM impeça pessoas – que não cometeram crime algum – sejam impedidas de circular livremente por aí. Isso é bem mais triste (e perigoso) do que não responder um tweet. 

__________
* Vale dizer, escrevi para o deputado Jean Wyllys no ano passado e neste ano e ainda não obtive resposta. Infelizmente, mais um ponto negativo para um político que eu tenho apreciado o mandato.
Site Meter