14 dezembro, 2009

O exemplo que Deus nos deu

___Queridos leitores, vocês leram o artigo “Mitologias” que eu publiquei aqui no blog, na semana passada? Vale voltar lá um pouco; não só pelo artigo, mas, também, pela caixa de comentários. O debate ainda está rolando e, tirando as opiniões tresloucadas e irrefletidas de religiosos revoltados – “A Coisa Mais Imbecil q eu ja li ate hj! / ¬¬ / Nao fale daquilo q vc supõe saber querido! / Jesus te abençoe!” –, existem algumas falas interessantes.
___Mas, não estou aqui para falar dos bons comentários e, sim, dos risíveis. Talvez os religiosos malucos tenham razão. Vivem falando que Jesus é fabuloso, que ele é o máximo e tudo mais; realmente, caso tenha existido, parece que Jesus foi um cara bem bacana. Só que eu nunca pensei que ele e o seu Pai estavam tão à frente do seu tempo. Em uma passeata pelos direitos dos homossexuais, um pai e um filho levantaram uma interessante questão:


___É, né? Se a vida de Jesus pode servir como exemplo para que os ignorantes do mundo não impeçam que casais homossexuais adotem crianças, então realmente vale a pena seguir um pouco da mensagem cristã.

15 comentários:

  1. HAHAHAHAHAHA! Nunca tinha pensado nesta sacada genial! Vou falar esta para meus amigos que têm um gosto sexual diferente do meu.

    ResponderExcluir
  2. Boa, Ulisses. Tinha visto essa foto, já. Tem tmb uma interessante que diz assim: "O Levítico também proíbe corte de cabelo, mas essa parte nós pulamos".

    Mas acho que Jesus não é lá um modelo ideal de conduta pra quem quer que seja. Praguejava contra a mãe, e praguejava muito contra aqueles que não queriam seguir suas ideias - devia ter uns argumentos bem fraquinhos, e tinha.

    Abs.

    ResponderExcluir
  3. "O mundo contemporâneo visto, sem cautela, pelos olhos de um historiador"

    É difícil de acreditar que o dono da frase acima tenha feito uma postagem tão ridícula e inútil. É por isso que eu disse que falar sobre religião é um saco (disse isso em "Mitologias"), sempre termina em brincadeira. Que decepção, Ulisses, que decepção...

    ResponderExcluir
  4. Tá certo, Mané... O outro comentário eu respondi delicadamente. Este, nem tanto.

    Para começar, o "dono" da frase "O mundo contemporâneo visto, sem cautela, pelos olhos de um historiador." é exatamente isso: alguém sem cautela. Falo do que quiser no meu blog, sem a menor cautela, sem nem ligar se vou ferir o brio de alguém.

    Quanto a falar sobre religião, respondi no seu comentário anterior: eu falo pq eu gosto, pq eu acho interessante. Se eu não for falar do que eu acho interessante no meu blog, vou falar onde?

    Agora, o assunto religião terminar em brincadeira... nada mais natural. Religião costuma mesmo ser algo bem risível. Olhe com atenção.

    Por fim, se vc ficou decepcionado pq é contra homossexuais; se vc ficou decepcionado pq peguei um assunto risível (religião) para defender uma causa nobre (homossexuais podendo adotar crianças), não estou nem ligando. Não gosto de pessoas preconceituosas mesmo.

    ResponderExcluir
  5. "Não gosto de pessoas preconceituosas mesmo"
    "Religião é um assunto risível"

    A segunda frase entra em contradição com a primeira, levando-se em conta que a mesma pessoa as escreveu.

    Ulisses, você é realmente um cara contraditório e perde a paciência muito facilmente. Uma pessoa assim é apta para gerenciar um blog?

    ResponderExcluir
  6. O q é necessário para gerenciar um blog? Diploma? A benção de um deus? 1,80 de altura?

    Vaza, homofóbico.

    ResponderExcluir
  7. Ulisses, você sabia que eu poderia denunciar este blog por calúnia? Em nenhum momento eu disse que não gostava de homossexuais. Você está pondo em risco mais de um ano de trabalho neste blog.

    P.S.: Caso você venha a excluir as provas: eu já tirei prints e salvei as páginas como prova do crime.

    "A calúnia é tipificada no artigo 138 do Código Penal Brasileiro. Juntamente com a difamação e a injúria constitui o capítulo de "Crimes contra a Honra'"

    "[a calúnia] Pode ser feita verbalmente, de forma escrita, por representação gráfica ou internet."

    "Pena: Detenção, de 6 meses a dois anos, e multa"

    ResponderExcluir
  8. Mané, Mané...
    Queria ver um anônimo mané denunciar alguma coisa.
    Boa sorte e que os deuses te protejam

    ResponderExcluir
  9. Bom, na verdade não vou denunciar. Escrevi só por escrever.
    uahauhauahuahuah

    ResponderExcluir
  10. Prova cabal que mané é mané.
    E que os manés não me denunciem por manéfobia...

    ResponderExcluir
  11. Valbert Florindo09 junho, 2011 06:31

    ME CHAMA DE HOMOFÓBICO TAMBÉM PARA EU TE DENUNCIAR??

    NÃO ESTOU ANÔNIMO

    hehehe'

    ResponderExcluir
  12. Se vc quer, pode ficar com a alcunha.

    ResponderExcluir
  13. Ah claro, pq Maria era homem né ? --'

    ResponderExcluir
  14. Se era homem, eu não sei. Mas, espero que ela tenha sabido apreciar uma boa ironia.

    ResponderExcluir
  15. [...] triste, mas não abri minha boca (cabeça quente não ajuda). Em seguida, compartilhei alguns links (talvez um reflexo do meu gosto por ser professor). Depois disso? A vida [...]

    ResponderExcluir

Site Meter