17 fevereiro, 2010

Sou o melhor escritor do mundo

___Desconfio muito das pessoas que, depois de terem tido contato com um texto meu, não se tornam leitores fiéis. Desconfio e tenho dó.
___Sou um escritor fabuloso. Eu escrevo tão bem, mas tão bem que, a cada vez que publico um texto, fico os próximos cinco minutos ao lado do telefone esperando que a Academia Brasileira de Letras, o pessoal do Nobel de Literatura ou Deus me liguem. É uma sensação gostosa. É bom saber que tenho a onipotência literária.
___E quanto a Machado, Shakespeare, Cervantes, Camões, Dante, Dostoievski, Homero, Whitman e afins? São legais. Tenho tanta habilidade na escrita que, quando leio os grandes mestres, fico contente de saber que, em algum momento, em uma ou outra frase, eles se equiparam a mim. É quase a comprovação de que os clássicos merecem ostentar tal título. Mas, saibam, eles nunca me deixam em dúvida; sei - e sempre soube - que sou o melhor escritor de toda a história humana.
___Alguém discorda? HAHAHA... Saibam, infiéis, quem não acha que eu sou o melhor escritor do universo tem sérias deficiências de leitura. Ou é semi-analfabeto ou é idiota mesmo. Gostar dos meus textos é provar que realmente se sabe ler.

###


___Querem saber o que é tão horrível (ou até pior) do que um escritor se afirmando bom? É a nossa realidade em que os escritores vivem de perene falsa modéstia afirmando que são péssimos. “Nestas mal traçadas linhas, com a minha falta de talento literário, afirmo...”, “Eu, que nem sou escritor, tenho de dizer...”, “Mesmo não sabendo escrever, eu gostaria de...”. O que pensa um infeliz desse tipo? O covarde imagina que, assim, estará isento de ser criticado? Ou acha verdadeiramente que é muito ruim e está deixando claro que quem o lê só pode ser um otário completo? Tomem tento.


#####


P.S.: Tenho dois textos, de ótimos escritores (ambos Alexandres), para complementar este aqui. O primeiro é a “Tentativa de Definição de Arrogância”, de Alex Castro, e o segundo, o “Whoa, dude! Check out my erotema!”, o mais recente do Lord ASS.

4 comentários:

  1. "E quanto a Machado, Shakespeare, Cervantes, Camões, Dante, Dostoievski, Homero, Whitman e afins? São legais."

    Hohohohoho, adorei!

    ResponderExcluir
  2. Cara, só tem uma coisa pior que a falsa modéstia, é a falta de modéstia declarada. Infelizmente essa deficiência não aparece somente em escritores, quem é que nunca se deparou com um colega de trabalho assim? Agorinha mesmo eu estava contando de 10 até 1 para não mandar o metidinho que está no computador à minha frente se f...

    ResponderExcluir
  3. "Saibam, infiéis, quem não acha que eu sou o melhor escritor do universo tem sérias deficiências de leitura. Ou é semi-analfabeto ou é idiota mesmo. Gostar dos meus textos é provar que realmente se sabe ler."

    Sob risco de ser considerado idiota ou semi-analfabeto. Eu sou obrigado a concordar! kkkkk!

    ResponderExcluir
  4. That is the precise weblog for anyone who desires to search out out about this topic. You understand a lot its nearly exhausting to argue with you (not that I actually would need…HaHa). You undoubtedly put a new spin on a subject thats been written about for years. Great stuff, simply nice!

    ResponderExcluir

Site Meter