07 maio, 2010

Crianças confusas

___O último texto que publiquei aqui no Incautos, “Não vamos confundir nossas crianças: manifesto contra quem quer tornar o mundo um lugar pior”, como eu disse na nota de fim, foi uma republicação. Originalmente, ele foi feito para o Editorial que escrevo quinzenalmente para o site O Pensador Selvagem. Alguns leitores me disseram que o texto era a cara do meu blog e que eu deveria colocá-lo aqui também. Se alguma dúvida tivesse me acometido, hoje, menos de 48 horas depois de tê-lo republicado, não teria mais nenhuma.
___Para começar, o texto foi muito bem recebido pelos leitores habituais do blog. Além disso, foi aceito pelo pessoal do Yahoo! Posts, o que trouxe mais leitores ainda (e aí começa uma diversão extra).



___Qualquer pessoa capaz de ler corretamente a adaptação infantil de O Patinho Feio ou o clássico Green Man, Blue Cat, ao terminar o “Não vamos confundir nossas crianças”, entenderia que o texto é irônico. Se restasse alguma dúvida, os post-scriptuns estão lá como para dar o Voto de Minerva em favor de Orestes da Ironia. Entretanto, uma horda de analfabetos funcionais, fazendo o papel de Erínias, invadiu os comentários e começou a descer a lenha em mim, falando do quanto eu sou preconceituoso e coisas do tipo. É de fazer qualquer um – que saiba ler – cair de dar risada. Não deixem de ver os comentários.

Um comentário:

  1. Os comentários realmente são hilários, o que torna o texto ainda melhor!

    ResponderExcluir

Site Meter