09 novembro, 2010

O ENEM e sua eterna ausência de credibilidade

___Existem diversas formas de mostrar que, hoje, a Educação no Brasil é muito deficiente. Poucas, entretanto, conseguem demonstrar isso com tanta clareza quanto o ENEM.
___Para quem não sabe do que se trata, ficam as palavras do site oficial: “Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica.”.
___Nos seus primeiros anos, o Exame foi tão fraco que praticamente só serviria para avaliar se os alunos eram capazes de contar com o auxílio dos dedos e ler. Era o próprio Exame Nacional do Ensino Medíocre. Um governo que considera aquilo uma avaliação do que os alunos deveriam sair sabendo do Ensino Médio deveria fechar as escolas logo na 4ª série do Ensino Fundamental.
___O ENEM era uma piada tão grande entre as pessoas alfabetizadas que, tentando moralizar a porcaria para, inclusive, utilizá-lo como vestibular de universidades sérias, nos últimos anos resolveram lhe dar uma nova roupagem e chamá-lo de Novo ENEM.


Quadrinhos dos anos 10 - André D.


___A prova ficou levemente mais difícil, o número de questões aumentou, mas o ENEM continua uma vergonha. Se não é mais uma vergonha pela mediocridade do exame, agora o é pela falta de cuidado com ele.
___Locais de prova distantes, prova furtada, exame adiado, divulgação de gabarito errado, site de inscrição que não funciona, edição do meio do ano prometida e não cumprida, dados pessoais dos inscritos vazando na internet. Se já não fosse o bastante, na prova do último final de semana, regras foram desrespeitadas, alguns alunos receberam provas com questões faltando e todos os candidatos receberam o gabarito com falhas na impressão (e, em alguns lugares, a demora para instruir os estudantes quanto a como proceder com os gabaritos errados demorou mais de duas horas). Para piorar, o ministro da Educação Fernando Haddad insiste em defender que o Exame foi um sucesso e se recusa a anular a prova. É o próprio Estorvo Nacional do Ensino Médio.
___Não sei se em algum momento vão conseguir transformar o ENEM em algo que preste, só sei que, até agora, nunca consegui olhá-lo de outro modo que não fosse com asco.

8 comentários:

  1. Agora sim, um blog imparcial, rs

    ResponderExcluir
  2. Segundo o Presidente do Inep, a quantidade de provas com erro é algo dentro da margem de erro. Acredito que o neto dele não está dentro desse "pequeno" grupo de azarados.

    ResponderExcluir
  3. Segundo o presidente Lulu o ENEM fui um sucesso KKKK

    ResponderExcluir
  4. "entre as pessoas alfabetizada" foi o melhor do teu texto, he, he.

    Eu não sei não, mas acho o ENEM um ótimo avanço. O vestibular sim é que é ridículo.

    Vai ficar melhor ainda quando a avaliação for seriada, e não uma única vez no fim do Ensino Médio. Ter uma prova nacional que avalia todos os alunos com a mesma medida serve pra muita coisa importante - até pode ser para substituir o vestibular, mas não só.

    A prova também é muito superior ao medir competências, ao invés de conhecimentos. E acho que não é tão fácil como você alardeia, porque as notas são bem baixas (média 5, se não me engano). Se fosse do nível que você imagina todo mundo tiraria zero.

    Já viu a opinião do Idelber sobre o assunto? Acho que ele tem bastante razão - o problema do ENEM é atrapalhar o negócio dos cursinhos. Isso sim é imperdoável.

    ResponderExcluir
  5. André, eu tb acho que o ENEM pode ser um ótimo avanço. Só q, nesses mais de 10 anos, ainda não foi. E, q o vestibular é um problema, isso eu não tenho a menor dúvida.

    Vi a opinião do Idelber, sim. Até coloquei meus comentários lá. Falei nos comentários #49, #51, #56 e #59 (começa aqui: http://www.idelberavelar.com/archives/2010/11/algumas_notas_sobre_privataria_na_educacao_e_midia_brasileira_com_um_convite_a_twitcam.php#c114888). O texto q ele publicou hoje, da Ana Maria Ribeiro (http://www.idelberavelar.com/archives/2010/11/enem_nao_pode_ser_um_vestibular_nacional_por_ana_maria_ribeiro.php), vale dizer, não só me contempla, como defende quase todas as minhas posições sobre o assunto.

    Por fim, eu não disse que a prova é fácil, eu disse q ela foi fácil nos primeiros anos de ENEM. Dá uma olhada nos ENEMs de 1998 e 1999... o horror. Até a Ana Maria fala disso. Qto ao mau resultado dos alunos, não se pode resolver facilitando o ENEM. Mto pelo contrário. :-)

    ResponderExcluir
  6. Vergonhoso. Mais vergonhoso ainda são os métodos de selecionar quais estudantes se encaixam na renda para receber bolsas do Prouni.
    Isso é Brasil!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, André, só agora entendi q vc apontou o erro de digitação... acontece. Algum dia escrevo um texto sobre este blogueiro analfabetos. ;-)

    ResponderExcluir

Site Meter