21 janeiro, 2012

Nós já fomos mais inteligentes

___Nos últimos dias, muito tem se falado sobre dois assuntos: o caso de estupro ocorrido no Big Brother Brasil e as mil brincadeiras sobre Luiza, que está(va) no Canadá. Tanto se falou sobre essas coisas que, antes de ontem, Carlos Nascimento, apresentador do Jornal do SBT, perdeu a paciência e desceu o verbo. Vejam, abaixo, a fala principal do jornalista:


[embed width="550"]http://www.youtube.com/watch?v=t9O45Pfl3wc[/embed]


___Pelo visto muita gente admirou o que Nascimento falou. Vi um monte de pessoas compartilhando o vídeo no Facebook, recebi por e-mail, li notícias sobre a fala do jornalista em outros veículos. A repercussão foi grande e, pelo que eu pude notar, bem recebida por todos. Menos por mim.
___Nascimento começa sua fala dizendo “Ou os problemas brasileiros estão todos resolvidos, ou nós nos tornamos perfeitos idiotas. Porque não é possível que dois assuntos tão fúteis possam chamar a atenção de um país inteiro.”. Eu entendo a revolta, imagino que seria fabuloso se o país inteiro estivesse interessado em analisar, sob o viés hegeliano, a obra de Clarice Lispector, ou se todos estivessem engajados em auxiliar as crianças famintas da África. No entanto, não é errado, não é ruim, não é pecado se interessar por assuntos fúteis. E quem diabos disse que as mesmas pessoas que estão rindo da viagem a Luiza para o Canadá não estão ajudando criancinhas famintas?
___Digo mais, o senhor Carlos Nascimento luta para que, pelo menos no jornal que ele apresenta, assuntos fúteis não sejam pauta? Ele não vê nada de fútil no carnaval, noticiado no próprio Jornal do SBT, no mesmo dia? Não há futilidade no futebol, assunto perene de todos os jornais do país? Diga-me, senhor Nascimento, quem decide o que é fútil e o que não é? Antônio Cândido? A Dilma? Marilena Chauí? Pedro Bial? O mestre Yoda? Você?


###


___O primeiro assunto que Carlos Nascimento classificou como fútil foi o caso de estupro do BBB, que teoricamente não deveria ser discutido, já que foi “negado pelos dois protagonistas”. Diga-me, então, Carlos, não lhe parece normal um estuprador negar que cometeu o crime? Por um acaso você nunca ouviu falar em vítimas de estupro que por medo, vergonha ou qualquer coisa do tipo, negaram o ocorrido? E mais, caso a moça que pode ter sido estuprada estivesse bêbada demais para se lembrar (o que parece ter sido o caso), não seria difícil ela dizer que nada aconteceu.
___Discutir estupro, em uma sociedade machista como a nossa, é extremamente importante. Quer nesse caso o estupro tenha ou não acontecido, um país inteiro discutir o quanto é errado se aproveitar de uma mulher excessivamente bêbada, lembrar que isso é, sim, um crime, não é, de maneira alguma, fútil.


###


___O segundo “assunto fútil” sobre o qual o apresentador reclamou, foram os inúmeros chistes feitos com o “menos Luiza, que está no Canadá”, tirado de uma propaganda de imóveis.
___É verdade, é só uma brincadeirinha vazia, simples. Mas, nada saiu do controle, só brincaram com o fato de que Luiza estava no Canadá e pronto. Não virou disciplina obrigatória do Ensino Médio, não organizaram uma romaria até o Canadá para trazer Luiza de volta, não decretaram feriado pelo retorno da moça. Fazer piadinhas sobre uma frase deslocada em um anúncio não tem nada de absurdo.
___Absurdo é um jornal que começa reclamando que o país inteiro está falando de futilidades (como as brincadeiras com a ausência de Luiza), e, logo em seguida, faz uma reportagem sobre a própria Luiza. Duvidam? Então, confiram aqui a reportagem completa.


###


___Não estou dizendo que não existem assuntos fúteis, nem que se deva falar de futilidades o tempo todo. Só acho importante dar liberdade a todos e estar bem atento (inclusive ao próprio jornal em que se trabalha) antes de atacar a inteligência alheia. Se bem que, como parece que todo mundo gostou do que Carlos Nascimento falou, acho que ninguém, nem a Luiza, vai aprovar o meu texto.


#####


P.S.: Aproveitando que eu já estou implicando com o Carlos Nascimento e com o Jornal do SBT, acho que é importante fazer mais um pequeno adendo. A organização do jornalismo no Sistema Brasileiro de Televisão parece estar excessivamente machista. Não só o jornal começa com o apresentador dizendo que discutir sobre estupro é algo fútil, como, pouco depois, quando vão mostrar a imagem de Luiza (que estava no Canadá) pela primeira vez, fazem questão de escolher uma tomada que começa mostrando os pés da moça e subindo por todo o seu corpo – tratando-a, literalmente, como um objeto para o deleite do olhar.*


__________
* Confiram no vídeo da reportagem completa, de 1’19” a 1’22”.

21 comentários:

  1. O Nascimento já foi mais inteligente e elegante com as pessoas ... concordo com o seu texto , muito bom ...

    ResponderExcluir
  2. Eu acho importante discutir a respeito do estupro também, o problema dos brasileiros é justamente a falta de atitude, o povo brasileiro praticamente não discute a respeito de certos assuntos apenas quando mostrados na televisão, quando vira uma polemica, todos os dias vários casos de estupro acontecem, casos muito piores do que o ocorrido e nem por isso as pessoas discutem a respeito, se você apenas olhar para o que as pessoas compartilham no facebook, a maioria compartilha piadinhas de que a luiza está no canada e é quase nula a quantidade de pessoas que compartilha algo relevante, não vejo o menor problema em se divertir com piadas da luiza no canada, mas me irrita a facilidade que o povo tem em fazer esse tipo de piada e a dificuldade em discutir assuntos que interferem diretamente em sua vida, eu vejo uma grande hipocrisia nesse comentário do Carlos Nascimento, porém é bem reflexivo quando ele disse que já fomos mais inteligentes, se algum ser vivo no planeta Kelpler-22b que fica a 600 anos luz de distância da terra nos observar ele vai estar vendo a terra como foi a 600 anos atrás, será que ele verá seres humanos mais inteligentes do que os de hoje?

    ResponderExcluir
  3. Finalmente alguém sensato!
    Adoro seus textos. :)

    ResponderExcluir
  4. Sabe o que isso me lembra, aquelas fotos históricas onde vemos combatentes de guerra praticando esportes ou brincando durante uma trégua. Eu acho que por mais que existam as crises que assolem um país ou mesmo o planeta todo, ainda há espaço para aquela pureza quase infantil das coisas lúdicas.

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo gostou do seu texto professor. Menos a Luiza, que está no Canadá.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom mesmo. A instantaneidade das informações compartilhadas no facebook fazem com que a mensagem seja pouco avaliada, as pessoas postam uma opinião sem nem mesmo interpretar o que está sendo falado. Seu texto é realmente ótimo.

    ResponderExcluir
  7. A despeito de toda a adoração pelo discurso de Carlos Nascimento, algumas pessoas discordaram de sua posição e tudo de que precisavam para demonstrar sua "ira" era uma explicitação sensata dos motivos que levaram a esta divergência brusca de opiniões. E cá está! Parabéns pelo texto e, claro, obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado a todos.

    Leonardo, aproveitando, a sua fala me lembrou um filme que, se vc não viu, talvez valha a pena: Feliz Natal, de Christian Carion. Veja. Imagino q vc irá gostar.

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo com o que a pessoa que responde pelo nome de Lux disse.
    E detalhe: a inteligência é inata, na minha opinião, mas como a usaremos dependerá sempre das nossas escolhas.
    A futilidade não está em discutir o "estupro" nem o fato de a Luíza estar no Canadá; mas em pegar carona nas teorias do senso comum, não mudar o assunto; e quando o tema é política, por exemplo, a maioria nem quer saber. O povo da Dilma está roubando a gente e ninguém faz nada; visitem uma UPA aqui do Rio de Janeiro, não tem médico; necessitem de um hospital público para verem como vocês serão tratados como lixos; e todo mundo se conforma. Somos um povo de pessoas fúteis sim; e estamos longe de sabermos usar tal inteligência dada por Deus.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom, Adirt.

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda não assisti, mas a recomendação anotada Ulisses

    ResponderExcluir
  12. Mas o problema é quando o Jornal Hoje dedica um bloco inteiro de seu programa só para falar da Luiza do Canadá. Isso sim é futilidade e idiotização. O resto, faz parte.

    ResponderExcluir
  13. "E quem diabos disse que as mesmas pessoas que estão rindo da viagem a Luiza para o Canadá não estão ajudando criancinhas famintas?" Parece que a maioria das pessoas tem uma dificuldade enorme em entender isso e que focar em um assunto em particular não quer dizer que eu ignore todo o resto que acontece a minha volta. Adorei o texto, já era hora de tudo isso ser dito! (:

    ResponderExcluir
  14. "JA FOMOS MAIS INTELIGENTES. FIQUEM AGORA COM A NOVELA"

    ResponderExcluir
  15. Estou de acordo com o seu texto. Mas levando para um outro lado, o que realmente assustou foi o fato de esse vídeo ser compartilhado pelas pessoas, que anteriormente, também compartilharam o vídeo da Luiza e em boa parte, assistem o BBB. Eu coloquei o meu texto, no meu Facebook, e copio ele aqui:

    Tenho uma opinião sobre o vídeo do Nascimeto e quero compartilhar. Afinal, rede social é pra isso.

    Engraçado que carnaval para o Brasil todo ano. O mesmo acontece na reta final do Brasileirão.

    Entretenimento é entretenimento, não sei o pq dessa necessidade em se levar para esse ponto. Uma piada ou meme, como quiserem chamar, não deve ser levada como parâmetro para a avaliação da nossa sociedade, muito menos por um ex-global, que se mostrou medíocre o suficiente para não conseguir separar entretenimento de algum assunto sério. Acho que ele não lembra do programa Casa dos Artistas, que passava na na emissora onde ele trabalha.

    Se o comercial não foi bom, o que dizer de quando o Brasil inteiro parou mais de uma vez para ver finais de novelas globais? E mesmo assim, isso não serve como medida, para qualificarmos a inteligência do país em que vivemos.

    Por fim, me espanta e muito pessoas que publicaram e riram com o meme da Luiza, pessoas essas que em grande parte tbm assistem BBB, elogiarem e concordarem com o vídeo do tal aprensetador. Porque essa falta de discernimento sim, além de ser capaz de medirmos o bomsenso das pessoas, ao compartilharem conteúdos tão contrários, mostra o porquê da falta de critérios para eleger políticos. Afinal, se não conseguem deixar de serem influenciados por um âncora medíocre, que só trocou de emissora por não aceitar sua falta de carisma e inteligência, mal conseguirão realmente elegerem líderes para o nosso país.

    Essa falta de coerência sim, pode realmente mostrar que já fomos mais inteligentes.

    ResponderExcluir
  16. O mestre Yoda! Com certeza.

    ResponderExcluir
  17. Bem em momento algum ele criticou apenas a globo, se observar logo após a reportagem ele faz o mesmo comentário, criticando quem colocou aquela reportagem na pauta!

    Em momento algum ele critica sobre estupro mas sim a discussão sobre o assunto, se o cara estuprou a menina ele tem que ser preso e pronto.

    ResponderExcluir
  18. Elias, acho q vc não entendeu o texto. Acho bom vc reler.

    ResponderExcluir
  19. "Estou de acordo com o seu texto. Mas levando para um outro lado, o que realmente assustou foi o fato de esse vídeo ser compartilhado pelas pessoas, que anteriormente, também compartilharam o vídeo da Luiza e em boa parte, assistem o BBB."

    - Fiquei com a mesma impressão do Cadu aí. Me assustou que pessoas que compartilharam os assuntos aceitaram assim, tão gratuita e assumidamente, serem chamadas de idiotas pelo Carlos Nascimento.

    No mais, concordo total com seu texto, tanto que já to compartilhando e divulgando-o por aqui!

    ResponderExcluir
  20. carlos nascimento se achou o inteligente por dizer contra tudo o q estava acontecendo na sociedade e todo mundo o apoiou. agora, algumas pessoas se acham inteligente por ser contra o carlos nascimento e todo mundo está apoiando. no facebook uma imagem está divulgando a fala do carlos nascimento e todo mundo está apoiando ele de novo. a verdade é única: sempre finja pensar diferente de todo mundo, você parecerá inteligente! :)

    ResponderExcluir
  21. Não acho o que ele disse errado, é certo que exagerou no inteligente, mas vamos pensar: pq dois assuntos tão idiotas como chamam atenção de um pais todo? porque assuntos como corrupção, assassinatos, salário mínimo e educação não podem causar o ibope? pq assuntos que não acrescentam nada é dá ibope, e a midia quer ibope($$$). O fato de ele dizer isso não está errado, o fato é que a população deve parar de se importar com coisas que acescentam nada e prestar atenção no que importa!!!O ibope quem faz somos nós!!!!o fato de ele estar sendo hipócrita e nós?? dando ibope para esse tipo de noticia???

    ResponderExcluir

Site Meter