07 julho, 2012

Jean Wyllys é flagrado com garotão em Brasília


Após declarar-se homossexual, deputado Jean Wyllys é fotografado saindo com um homem. Cadê sua namorada, Jean?



___Imaginem tudo isso na capa de um grande portal. O título-manchete, já digo, é fictício; tal qual a chamada que vai abaixo dele. Ficção ou não, todo o conjunto merece estranhamento. Vou demonstrar.
___O primeiro estranhamento deveria vir logo no título “Jean Wyllys é flagrado com garotão em Brasília”. Que raio de nãotícia é essa? Que diferença faz se o Jean Wyllys saiu com um garotão, com um coroa boa pinta ou com uma lhama? Por que diabos alguém noticiaria isso? Claro, isso é notícia porque o público se interessa pelas pessoas famosas.
___Continuando, a primeira frase da chamada diz que “Após declarar-se homossexual, deputado Jean Wyllys é fotografado saindo com um homem.”. Existe uma famosa máxima do jornalismo que diz que um cachorro mordendo um homem não é notícia, mas que um homem mordendo um cachorro é. Todo mundo sabe que cachorros podem morder pessoas e casos de mordidas não são infrequentes. Portanto, um cachorro morder alguém não deveria nem ser noticiado. Já o contrário, pelo inusitado, valeria uma reportagem. Sendo assim, se Jean Wyllys já se declarou homossexual, se constantemente, como deputado, luta pelos direitos dos homossexuais, não me parece bem uma notícia ele saindo com um homem.
___Por fim, o comentário bizarro do fim da chamada: “Cadê sua namorada, Jean?”. Se todo mundo já sabe que o cara é homossexual, se a própria chamada já ressalta isso, perguntar sobre uma namorada para o Jean Wyllys não faz o menor sentido. Parece, simplesmente, que o redator da chamada é um bruta de um preconceituoso.
___Vocês vão me retrucar que uma idiotice dessas não acontece? Pois saibam que, hoje, quando fui checar o meu e-mail no Yahoo!, antes de clicar no link que me levaria ao login, deparei-me com a seguinte chamada:


Casamento aberto, a fila e os preconceitos




Zilu é flagrada com garotão em Miami
Após declarar que vive casamento aberto, esposa de Zezé é fotografada com homem mais novo. A fila anda!



___Vamos à análise. A manchete fala de uma pessoa com nome – Zilu – que foi flagrada com alguém sem nome – o tal garotão. Teoricamente entraria naquele princípio de que é notícia porque fala de alguém famoso. Desafortunadamente, além de parecer um relato noticioso desnecessário, eu ainda nem imaginava quem é Zilu. Lendo a chamada, descobri que se trata de uma das noras de Francisco.
___Além da informação sobre quem diabos é Zilu, o início da chamada torna a própria notícia inútil: “Após declarar que vive casamento aberto, esposa de Zezé é fotografada com homem mais novo.”. Oras, se a mulher já disse que vive um casamento aberto, não faz sentido noticiar que ela está saindo com alguém além do marido. Talvez pudesse ser notícia algo como “Após declarar que vive casamento aberto, esposa de Zezé só é flagrada saindo com o próprio marido. Será Zilu uma monogâmica?”.


A fila anda


___Só que é o fim da chamada que esconde a maior barbaridade. Após ressaltar que Zilu vive um casamento aberto, o portal fecha com “A fila anda!”. O que andou? Se o casamento é aberto, a mulher do Zezé di Camargo pode estar com o marido e com outras pessoas sem problema algum. O filho de Francisco não perdeu lugar na fila, a fila não andou. No máximo existe mais de uma pessoa recebendo atendimento no balcão.
___De todas as revelações que a manchete fez, a mais patente é a do preconceito do jornalista. Pena que a fila de pessoas para substituir um idiota desses não andou.

Um comentário:

  1. Rudá, o LHAMA ofendido.27 julho, 2012 15:36

    E se o lhama não quiser? No mais, essa hipocrisias são muito bem trabalhadas no "Furo MTV" com o artigo "Vc não pode morrer(ou dormir, não lembro.) sem saber." Lembrando que há 'n' programas focados nisso, é triste. >:

    ResponderExcluir

Site Meter