03 agosto, 2006

Hizbollah diz que lutará até Israel sair do Líbano; mil morreram

(...)

Só no Líbano, 900 pessoas morreram [26 soldados, 43 membros do Hizbollah e mais de 800 civis], há cerca de 3.000 feridos e 1 milhão de pessoas tiveram de deixar suas casas. O anúncio do número de baixas foi feito pelo premiê libanês, Fouad Siniora. Em Israel, confrontos e foguetes do Hizbollah mataram 63 (39 soldados e 24 civis).

Entre as vítimas no Líbano, um terço são crianças com menos de 12 anos de idade. Cidades inteiras no sul do país foram destruídas por bombardeios aéreos de Israel. Várias regiões também carecem de água, luz e telefone.
Se você for criança, é melhor sair correndo mesmo...
P.S.: A notícia é de hoje... sabe quantos ainda vão morrer? Parafraseando um blogueiro que eu aprecio, se eu fosse do Hizbollah eu devolveria os dois soldados israelenses capturados... em "mais de 800" pedaços.
_____
Fontes: Texto da Folha Online e foto da Reuters.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter