16 novembro, 2008

Pessoas influentes e as lixeiras do metrô

_____É quase uma unanimidade que, hoje, Barrack Obama é um dos homens mais influentes do mundo. Se ele resolver falar alguma bobagem muito absurda, existe uma boa chance de que as bolsas caiam bem mais do que já caíram nas últimas semanas. Ele também, graças aos deuses, pode fazer coisas extraordinárias e continuar a deixar muita gente com esperança em um futuro melhor por um bom tempo.
_____Só que, é óbvio, o Obama não é a única pessoa influente do mundo. Eu, por exemplo, sou uma pessoa com muito mais influência. Se vocês quiserem saber, fui eu que sugeri ao Matt Groening a cor amarela para os Simpsons (ele queria azul ou vermelho, vê se pode!). O que foi, não acreditam? Como sou bonzinho, então, vou provar citando um exemplo simples e próximo de vocês.
_____Não faz nem um mês, publiquei um novo texto reclamando da falta de lixeira nas plataformas do metrô. Até o pessoal do Yahoo! Posts gostou do texto. E vocês acham que a história acabou por aí, como costuma ser quando as pessoas menos influentes que eu reclamam de algo? Não, comigo é diferente.



_____Para me deixar contente, a direção do metrô se mobilizou e já instalou, nas plataformas, um monte de lixeiras. Gostei muito, são lixeiras bonitas, transparentes, bem diferentes das antigas.
_____Estou até pensando, agora, em mandar um e-mail para o pessoal do metrô para ver se eles podem acarpetar os trens. Vamos ver quanto tempo demora.

#####



_____Agora falando sério: fico contente em saber que o metrô conseguiu se organizar para fornecer mais conforto para o usuário e garantir a limpeza das estações.
_____A desculpa inicial para retirarem as lixeiras das plataformas foi o receio de ameaças de bomba. O problema, como vocês podem perceber pela foto que tirei, foi resolvido com o uso da inteligência: trocaram as lixeiras de metal por lixeiras transparentes. Parabéns ao pessoal do metrô pela solução.
_____Agora, queridos leitores, com licença. Tenho uns e-mails do Bill Gates para responder.

8 comentários:

  1. Azul?!Vermelho?!!... que idéia absurda! Ainda bem que o Matt aceitou sua sugestão.
    Humn... Bill?!... Menos, amigo... bem menos.
    Falando séiro: bacana a idéia das lixeiras transparentes.

    Forte abraço, Ulisses!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não vi essas lixeiras (sic), mas a idéia foi mesmo muito boa, gostei!

    Ah, só prá constar, recebi um e-mail do Steve, ele não quer que eu fique comentando aqui se você continuar sendo amigo do Bill, sabe... Tsc tsc tsc, essa velha briga... ;)

    Beijo :*

    ResponderExcluir
  3. é sério??? porque eu inspirei a nova propaganda da volks com o Sepultura, conforme confessei no grupo de discussão do OPS. mas nao espalha...

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosa a maneira como você fala de um assunto tão trivial, com inteligência e bom humor. Obrigado por me apresentar a este espaço, e parabéns: bonito, organizado e muito bem escrito.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela visita, Ulisses.

    Eu já conhecia o seu espaço desde o post sobre a CLB.

    1 abraço

    ResponderExcluir
  6. Boa, parabéns pela influência!
    Gostei da melhoria.
    Agora... será que você terá um tempinho na sua agenda para ir bater um papo com a minha chefe??? rs.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Peça ao Bill pra cobrir os rombos por lá. Agradecido

    ResponderExcluir
  8. [...] Pessoas influentes e as lixeiras do metrô - Incautos do Ontem [...]

    ResponderExcluir

Site Meter