10 maio, 2009

Interlúdio tradutório - Eat some paste

_____“Eu acho que vi um gatinho.”, “Não é a mamãe.”, “Hello? Hello? Anybody home? Huh? Think, McFly. Think!”, “Eu sou o melhor naquilo que faço.”, “Meu nome é Bond. James Bond.”, “Oh vida. Oh azar.” são frases que fariam qualquer fã lembrar, na hora, de Piu-Piu, Baby, Biff Tannen, Wolverine, 007 e Hardy. São conjuntos de palavras que se consagraram e que viraram, de alguma forma, parte inseparável de seus protagonistas.
_____Steven, a personagem de Doug Allen que ando traduzindo aqui no blog, tem como seu chavão a expressão “Eat some paste.”. Não foi à toa que o grande Allan Sieber, quando convidado para falar do Doug Allen aqui no blog, terminou seu texto com essas palavras. O meu problema é que a frase pegou este projeto de tradutor no contrapé.



_____A tradução literal da expressão “Eat some paste.” é “Vai comer cola.”; a mensagem final, um simples “Cale a boca.”. A idéia é que a outra pessoa coma cola e, por causa disso, fique com a boca grudada e não consiga mais falar. Por mais que eu quebre a cabeça, não consigo encontrar nenhuma frase em português que me agrade o bastante para traduzir isso.
_____“Cale-se.”, “Cala a boca.” ou “Fica quieto.” são muito simples, a graça acaba se perdendo. “Vai chupar prego.” ou “Vai lamber sabão.” não são costumeiramente usados para mandar alguém se calar.
_____Pesquisando, descobri uma expressão nórdica que poderia encaixar bem: “Mantenha os dentes unidos.”*. Ao manter os dentes unidos, obviamente a pessoa não conseguiria falar. Entretanto, a expressão não é usual por aqui e, assim, não passaria diretamente a mensagem que me interessa. Inventar uma expressão, como “Vai chupar limão.” (pois a pessoa ficaria com a boca amarrada e não poderia falar) ou usar a tradução literal – “Vai comer cola.” – também causariam a perda da espontaneidade da mensagem.
_____Minhas melhores idéias até agora foram “Fecha o bico.” e “Passa o zíper na boca.”. O que vocês acham? Qual preferem? Alguma outra idéia?
_____Aguardo sugestões antes de publicar a próxima tirinha.

__________
* Devoradores de mortos, adaptação e notas de Michael Crichton. p. 112.

15 comentários:

  1. vai lambê superbonder.
    Ainda gosto mais do vai lamber limão.

    ResponderExcluir
  2. Caro Ulisses,

    Aqui no Amazonas existem duas saborosas frutas: o Abil, mais popular e de sabor mais adocicado e o Bacuri, mais encontrado no interior do estado e um pouco mais azedo - o que eu prefiro - que têm em comum a forma de se comer.

    Você corta a casca no meio e abre a fruta como a um cacau e chupa a polpa que envolve seus caroços. O problema é o "leite" que sai da casca, grudento feito uma cola, que faz uma liga danada quando pega nos lábios e nos dedos...

    Devido a isso, quando uma pessoa faz alguma besteira e fica envergonhado, mansinho, quieto, calado, usa-se frases do tipo:

    - Que foi, comeu Abil?
    - Parece que comeu Abil !!!!

    Mas isso foi só uma informação, por ser uma expressão bastante regional, não há pretensão de ser a sua tradução.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  3. Fabio Ferreira11 maio, 2009 10:56

    Me lembrei agora q minha avó, Pernambucana, mandava um sonoro: Feche essa matraca! Ainda manda, mas acho q somos mais comportados hoje em dia.

    Mas eu acho q pra tirinha um CALABOCA tudo junto e em caixa alta soa bem.

    Até

    ResponderExcluir
  4. Wladimir Dianim11 maio, 2009 15:44

    Acredito que "fecha a boca, fecha" ou "mantenha a boca fechada" conseguiria uma fidelidade bem próxima. Mas, que essa expressão é difícil, isso é! :
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. É a primeira vez que visito seu blog, e já meu deu vontade de dar uma de enxerido. Quando você falou que traduzia as tirinhas e eu li a frase "Eat some paste" já passei a imaginar a tradução e me veio "Vai lamber cola"(é 'vai' mesmo, não 'vá') ou talvez alguma coisa parecida. Porque achei que o melhor seria não perder o "paste" de vista, mas acho que "Passa o zíper na boca" passaria bem o recado, quem sabe até melhor que a minha sugestão. Não é como se minha opinião valesse muito, mas espero ter ajudado!
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Tem essas expressões que são intraduziveis mesmo :)

    É como traduzir "freedom" do inglês americano... Isso é só uma palavra, mas tem um peso sem precedentes.

    ResponderExcluir
  7. Já escutei muito "fecha a matraca", por ser "conversadeira demais" no meu período de estudante secundarista. Mas acho mesmo que "vai lamber cola" passa muito bem a mensagem, além de ficar mais próximo do original.

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sugestão do Fábio... CALABOCA...
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Voto no "- Vai lamber cola!!!"...

    Mais abusado.

    ResponderExcluir
  10. Eu voto no "- Vai lamber cola!!!"

    Mais abusado...

    ResponderExcluir
  11. [...] fãs, não estou falando do “Enlarge your penis”). Ontem, dia seguinte à minha postagem sobre a dificuldade de se traduzir uma expressão, chega ao meu e-mail um spam com o título “SOLUÇÕES EM TRADUÇÕES E INTERPRETAÇÕES”. Como [...]

    ResponderExcluir
  12. Eu acho o "vai lamber cola" o mais apropriado. Não soa estranho e quanto a não ser usual no português, as expressões tem de começar de algum lugar não é?

    ResponderExcluir
  13. traduzir expressão literal mantendo o sentido e a métrica é f***!!!!
    "fica na tua aí" - cabe? tem que ser algo como mandar a pessoa ficar quietinha, mas de forma agressiva e definitiva, que nao caiba réplica...

    ResponderExcluir
  14. [...] novamente, a todos os leitores que contribuíram com sugestões para a tradução da expressão “Eat some paste!”. Acabei por optar por “Vai comer cola!” tanto por se aproximar bastante do original como, [...]

    ResponderExcluir
  15. [...] ajude a dar as caras por aqui); para apresentar algo novo para os meus leitores; e por imaginar que o exercício de tradução renderia reflexões interessantes para mim e para vocês. _____Sendo assim, digam o que vocês estão achando. Como tenho gostado de traduzir, não pretendo [...]

    ResponderExcluir

Site Meter