12 maio, 2009

Interlúdio tradutório (parte II): Repercussões

_____Spammers são uns sem vergonhas inúteis que, indiscriminadamente, mandam e-mails para uma lista de pessoas que eles nem se deram o trabalho de, por um segundo, descobrir quem são. Tanto que um clássico entre os spams que eu recebo está o “Como enlouquecer uma mulher” – um disparate completo, é obvio que todas as mulheres que saem comigo são, sem a menor sombra de dúvidas, completamente birutas.
_____Mesmo assim, às vezes algum sortudo acerta (não precisam se desesperar, queridas fãs, não estou falando do “Enlarge your penis”). Ontem, dia seguinte à minha postagem sobre a dificuldade de se traduzir uma expressão, chega ao meu e-mail um spam com o título “SOLUÇÕES EM TRADUÇÕES E INTERPRETAÇÕES”. Como não confio em spammers (nem mesmo nos sortudos), deletei o infeliz.
_____De qualquer modo, fica a pergunta: será que eu tenho algum leitor spammer?

#####


P.S.: Aproveitando a deixa, queridos leitores, saibam que vocês são lindos. As opiniões e sugestões de vocês sobre meu imbróglio tradutório têm sido ótimas. Continuem sugerindo.

Um comentário:

Site Meter