24 junho, 2012

O Bem sempre vence o Mal

O Bem sempre irá vencer o Mal? Então é justo dizer que os povos que venceram durante muito tempo em determinado momento eram “do bem”? Tendo como base: - Bem – praticar boa ação em relação ao próximo e a si mesmo. - Mal – praticar uma ação ruim em relação ao próximo e a si mesmo.
___Não sei se ele vai apreciar muito a resposta. Mesmo assim, respondi. Como o texto talvez interesse para mais alguém, segue abaixo.

###

Caro Bruno,
___Não sei se minhas respostas, se meus modos de ver o mundo vão lhe agradar. Mas, como acho importante abrir um caminho para você refletir sobre seus questionamentos, deixo aqui uma tentativa de resposta. 
___Para começar, você perguntou se “O Bem sempre irá vencer o Mal?”. A resposta é não. Mesmo se for possível definir perfeitamente o que é o Bem (o que, acredito eu, não é), esse “Bem Ideal” não só provavelmente vai perder muitas batalhas, como, também, já perdeu até dar dó. 
___Para exemplificar as derrotas do Bem, respondo seu segundo questionamento – “Então é justo dizer que os povos que venceram durante muito tempo em determinado momento eram ‘do bem’?”. Não, não é. Ou é possível dizer que os europeus eram o Bem, que eles estavam realmente tentando ajudar o próximo quando escravizaram, por séculos, os africanos? É possível chamar de Boas as sociedades que oprimiram as mulheres por tantos milênios? Todos os povos dominadores – e suas guerras, seus massacres de conquista – podem ser considerados Justos? 
___Claro, é possível questionar minhas respostas. Um retórico talentoso facilmente defenderia a escravidão, demonstraria que a opressão ajuda as mulheres e justificaria qualquer guerra que lhe aparecesse na frente. O que é praticamente inquestionável é o fato de que os vencedores manipulam as informações para demonstrar que eles eram/são o Bem. 
___Só para citar um exemplo fácil, se os alemães tivessem vencido a II Guerra e o nazismo proliferasse pelo mundo como louça suja na pia da minha cozinha, hoje falaríamos de como tudo está melhor depois que a humanidade se livrou dos judeus. As atitudes de Hitler seriam exemplos a serem seguidos; mais e mais pessoas glorificariam seus acertos e ignorariam seus erros. Em outras palavras: o nazismo caberia perfeitamente em muitas definições de Bem. 
___Parece nojento e absurdo, não? Então veja como nossa sociedade aceita a riqueza de poucos e a pobreza de muitos como algo perfeitamente normal, aceitável, natural. Vale dizer, nós inclusive justificamos a desigualdade e muitas vezes culpamos os oprimidos. “Esses vagabundos! Se realmente se esforçassem para trabalhar, não estariam assim.”.

"Se você não for cuidadoso, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas e amar as pessoas que estão oprimindo." (Malcolm X)

___Espero ter sido claro. 
___Boa reflexão. 

___Abraços. 
___M. Ulisses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter