05 junho, 2012

Orgulho do Tiririca

p style="text-align: justify">___O orgulho do título é para chamar atenção. Não votei no Tiririca, não o vejo como o Ivan Valente – deputado de que me orgulho bastante por ter votado. Mas, ao contrário de muitos paulistas, ao contrário de grande parte dos brasileiros preconceituosos, não tenho vergonha do deputado Francisco Everardo Oliveira Silva. O motivo disso? Porque, ao contrário de quase todo mundo que vejo por aí, eu acompanhei o mandato do comediante. ___Deem uma olhada nas críticas que o vlogueiro João Revolta fez quando Tiririca estava sendo cogitado para concorrer à prefeitura de São Paulo. Pior, vejam o que os universitários tinham a falar sobre o deputado.

[embed width="500"]http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3pJEJmFLV2c[/embed]

___As criticas – todas – foram vazias. Ninguém falou nada que vá muito além de “O Tiririca é um ignorante.”, ninguém apresentou um argumento sério que não fosse puro preconceito. Só demonstraram desconhecimento sobre o que o humorista havia feito no seu mandato por mais de um ano.* ___Tiririca tem, até agora, uma presença em plenário de 100% (podem conferir aqui para 2011 e aqui para 2012).** É autor de um projeto de lei que busca auxiliar analfabetos com mais de 18 anos a estudar (PL-1528/2011). Também é de sua autoria outro projeto lindo, o PL-3543/2012, que busca garantir “aos filhos de artistas de circo, na faixa etária de 4 a 17 anos, cuja atividade seja itinerante, vaga nas escolas”. Diga-se de passagem, para os trabalhadores de circo, Tiririca tem sido extremamente exemplar. ___Claro, tenho minhas criticas ao Tiririca: considero pífia sua atuação fora das suas lutas pelos profissionais de circo; acho que participar apenas de uma comissão é muito pouco; e foi vergonhoso vê-lo a favor das mudanças no Código Florestal. ___Ninguém precisa ser favorável ao Tiririca. Eu mesmo considero que sua atuação como político está bem longe de merecer o meu voto. No entanto, vale a pena ser coerente: é um pouco ridículo criticá-lo por ser ignorante e demonstrar completa ignorância na hora de falar sobre o seu mandato como deputado.

__________ * O vídeo é de março de 2012. ** A título de comparação, o deputado Paulo Maluf, motivo apenas de vergonha para São Paulo, contou, em 2011, com uma presença em plenário de apenas 56,1%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter