21 agosto, 2012

Orgulho...

___Depois de saber que eu falei sobre homossexualismo em meio a uma aula de História, o diretor de uma escola em que eu trabalhei me perguntou: “Para quê? Por que você resolveu falar sobre isso?”. Inicialmente, pensei em responder simplesmente “Por que não falar?” e encerrar o assunto. No entanto, didaticamente, respirei fundo e expliquei.


###


___Há alguns meses, uma ex-aluna, estudante daquele mesmo colégio, mandou-me uma mensagem por uma dessas redes sociais. Queria mostrá-la para o meu ex-diretor.




Trida,
Nao sei se vc se lembra de mim, fui sua aluna no XXX.
De tds os professores que eu ja tive na vida, apenas tres me marcaram, e eu me lembro bem ate hoje!
E vc foi um deles!!!
Suas aulas me prendiam, e a sua pessoa me fascinava! Vc me ensinou, a nao ter vergonha do que sou, e a nao temer meus sonhos, mas segui-los com toda a minha coragem e acreditar neles por mais que ninguem acreditasse!
Sempre tive uma educacao sexual muito limitada, cheia de pudores mas vc me fez enxergar que aquilo que eu era, era normal, talvez nao aos olhos da sociedade, mas era normal pra mim, e era aquilo que eu era, a minha essencia!
Gracas a Deus encontei alguem que me entende, nao me julga, e nao tem problemas com aquilo que sou! Obrigada por me fazer acreditar que isso era possivel!!!!
Vc foi mais que um professor de historia!
Vc foi um professor que me ensinou a viver, e a acreditar em mim!!!
Obrigada!
Beijos da sua ex aluna
XXXXXX!



#####


Links recomendados:
- “Viva o Dia do Orgulho Heterossexual!”, por M. Ulisses Adirt.
- “‘Queria ser hétero, mas não consigo’”, por Alex Castro.
- Vídeos sobre a “Ditadura Gay”, do Rafucko.

3 comentários:

  1. Isso foi lindo mesmo. Pena que vivemos num país reaça que acha um absurdo o "kit gay" nas escolas. Ensinar as crianças e adolescentes a aceitar e conviver com as diferenças ainda é motivo de desconfiança.

    ResponderExcluir
  2. Luciana Machado23 agosto, 2012 14:29

    Acho que na verdade ninguém sabe bem como tratar o assunto. Se por um lado há aqueles que cometem até crimes com pessoas homossexuais, outros que são super a favor, também vivem com receio de que se exponha qualquer tipo de ideia "separatista" sobre o assunto. Vamos apenas falar abertamente, incomodar os acomodados até cansar. Assim o assunto finalmente se torna transparente como falar que alguém é canhoto ou que aguém gosta de pássaros amarelos.

    ResponderExcluir

Site Meter