25 abril, 2014

Festiva e educada

___A piada da semana foi um artigo do direitista Luiz Felipe Pondé intitulado “Por uma direita festiva”. Nele, o filósofo reclama que esquerdistas tem muito mais facilidade para “pegar mulher” do que os coitados jovens liberais/de direita. 
___Qualquer pessoa sensata e com um bom nível de leitura descobriria facilmente porque alguém com o discurso do Pondé afastaria as mulheres. Só para exemplificar rapidamente, vejam o terceiro parágrafo em que o filósofo direitista diz que “Os cursos em que você encontra jovens liberais (economia, administração de empresas, engenharia e afins) têm muito poucas mulheres e as que têm não têm muito interesse em papo cabeça e política.” (grifos meus). Dizer que uma moça é despolitizada e não se interessa por conversas inteligentes deve causar tanta atração quanto um pavão abrindo sua calda. Só que não. 
___No mesmo parágrafo, o homem que está a dar dicas de sedução diz que “O celeiro de meninas que curtem papo cabeça e política são cursos como psicologia, letras, ciências sociais, pedagogia e afins, todos de esquerda.” (grifos meus). O celeiro! O celeiro!. O horror! O horror!. Só faltou dizer que é importante avaliar os dentes do animal antes do abate. É o cúmulo da falta de senso. 



___Portanto, tenho uma dica para os meus caríssimos leitores de direita, liberais ou qualquer outro grupo que leve a sério o que o Pondé diz: não fale dessa forma sobre mulheres. Nunca! Nem pense dessa maneira. Só com esse pequeno passo você já vai conseguir ser menos repulsivo para qualquer pessoa pela qual você esteja interessado. 

#####

P.S.: Vale dizer, faz tempo que eu digo que o discurso do Pondé afasta as mulheres


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter