22 junho, 2006

De quatro para a Copa

_____Lendo minhas duas últimas postagens (“Prá não dizer que não falei de flores” - parte I e II), não deve ser difícil imaginar que não sou muito fã de futebol. Até me divertia um pouco nos idos da minha infância, mas, graças a Clio, a fase passou. Para falar a verdade, eu gostava mesmo não dos gols, mas de ver os goleiros fazendo algumas defesas espetaculares.
_____É fácil concluir, então, que eu acho a maior bobeira do mundo o caos que fica a cidade/o país por causa do evento. As pessoas que gostam mesmo não me incomodam tanto; o problema são aquelas pessoas que não sabem sequer o nome do goleiro do próprio time e, agora, aparecem vestidas de verde e amarelo, usando pulserinhas, tocando cornetas...


P.S.: Bem... para uma pessoa que prefere ficar longe do assunto, já falei dele até demais... Superexposição...
P.P.S.: E, já que minha família fica a assistir aos jogos, com a televisão sempre ligada com o som bem alto, vale citar o maravilhoso Tabet:

Meu ouvido não é penico...


P.P.P.S.:

Para terminar, vale mostrar uma ótima tirada do fantástico Glauco.

_____

Fontes: O blog Kibe Loco e o jornal Folha de São Paulo (20/VI/06).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter