20 julho, 2006

Dublagem assassina

______O nome do ser humano aí ao lado é Nilson Mourão, deputado federal do Acre, pelo PT. Resolvi colocar a foto (e o e-mail) dele neste blog para citar o projeto de lei 6741/2006 que o Sr. Mourão propôs. Citando:

“Dispõe sobre a obrigatoriedade de dublagem, em língua portuguesa, de obras cinematográficas produzidas em idioma estrangeiro e apresentadas em salas comerciais de exibição pública em todo o território nacional.”

_____O Congresso Nacional decreta:
_____Art. 1º É obrigatória a dublagem em Língua Portuguesa das obras cinematográficas produzidas em idioma estrangeiro para apresentação nas salas ou espaços comerciais de exibição pública em todo o território nacional.
(...)
_____Art. 3º Toda e qualquer obra cinematográfica produzida em idioma estrangeiro só poderá ser veiculada ou transmitida em salas ou espaços comerciais de exibição pública se estiver dublada em Língua Portuguesa. (grifos meus)

_____

Olhem! Os filmes poderão ser transmitidos se estiverem dublados. Filmes no original estão proibidos. Imaginem se o Sr. Mourão, proibindo um tipo de exibição, não sente falta da época em que a censura no Brasil era oficial. Que gracinha.

_____Contudo, tenham calma, continuando a ler o projeto de lei 6741/2006, o deputado justifica o motivo da sua ensandecida atitude.


JUSTIFICAÇÃO

_____As deficiências de leitura dos estudantes brasileiros, denunciadas pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica – SAEB, realizado pelo Ministério da Educação, e os índices altíssimos de analfabetismo funcional constituem um dos motivos que impede a democratização do cinema como alternativa de entretenimento e de cultura para a maioria da população brasileira.
_____As obras cinematográficas estrangeiras são veiculadas nas salas comerciais de exibição em outros idiomas, com legendas em português, o que impede sua compreensão pelos milhares de brasileiros que infelizmente não dominam a habilidade de leitura.
_____A legislação em vigor que estabelece os princípios gerais da Política Nacional do Cinema determina como um dos objetivos da Agência Nacional do Cinema – ANCINE, órgão de fomento, regulação e fiscalização da indústria cinematográfica, o de estimular a universalização do acesso às obras cinematográficas, não apenas as nacionais (art. 6º, inciso VII da MP n.º 2.228-1, de 6 de setembro de 2001).
_____Em defesa da democratização do cinema para a população brasileira, peço aos meus Ilustres Pares o decisivo apoio para a aprovação do Projeto de Lei que ora apresento a esta Casa.

Se o Sr. Mourão não conseguiu entender minha crítica, posso grava-la em uma fita para que ele possa ouvi-la.

P.S.: Só espero que não escolham a Preta Gil para fazer todas as dublagens se essa lei passar.

P.P.S.: Ainda bem que ele também lembrou de falar do preço dos ingressos para que o cinema seja viável a todos os brasileiros.

3 comentários:

  1. eu não assisto filmes dublados. só vi era do gelo pq só tinha dublado no horário que fui e sei que os desenhos têm um tratamento especial em dublagem. tive um certo preconceito quando surgiu o canal telecine pipoca que traria filmes dublados, mas minha mãe não consegue ler legendas por deficiência visual e só podia ver filmes brasileiros e no idioma inglês que ela entende. com o telecine pipoca ela começou a ver filmes de outros países. acho um absurdo uma lei sobre algo comercial. temos muito mais o que fazer nesse país a ficar metendo o bedelho em assuntos comerciais. se as redes cinemark acharem melhor ter mais filmes dublados, eles que cuidem disso. não a política. é querer aparecer com o que não interessa. não foram para leis como essas que os elegemos. mas talvez eles tenham lá suas razões, porque fizeram algo inútil assim é que tiveram propaganda aqui, por exemplo. talvez se decidissem leis mais importantes não conseguiriam aparecer na mídia. coisa de mídia e de brasileiro, aparecer com aquilo que dá polêmica, mesmo que não tenha valor. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. finalmente uma opiniao q preste por aqui. achei q ninguem iria falar sobre essa bobagem.

    ResponderExcluir
  3. Fora a dubalgem! fora a legenda! aprendam ingles seus analfa.

    ResponderExcluir

Site Meter