11 fevereiro, 2007

O buraco é mais em cima (parte IV)

_____A primeira vez que usei como título de postagem “O buraco é mais em cima” eu estava me referindo à incompetência do governo estadual em relação ao acidente nas obras da Linha 4 - Amarela do metrô. Entretanto, acabo mudando o foco, pois, pouco depois, o nada inteligente prefeito paulistano Gilberto Kassab aparece na televisão fazendo piada com a tragédia e eu associo, em minha nova postagem, a burrada do prefeito com o fato dele ter feito a piada enquanto andava de transporte público (estando em um lugar atípico para alguém da elite, o prefeito se sentiu perdido e fez uma bobagem).
_____Alguns dias depois, Kassab estava em um posto de saúde público e acabou dando um escândalo e agredindo um idoso. Utilizei o ocorrido para “comprovar” meu argumento de que o palhaço havia feito isso por estar em um ambiente que não era o dele e, então, um tanto deslocado, acabou por fazer bobagem.
_____Tudo isso fez com que eu me lembrasse de um trecho de uma estória do Asterix, Asterix e o adivinho. Como sempre, René Goscinny tinha umas sacadas ótimas. Para não estragar a história para quem quiser ler, vou apenas explicar o trecho. Panoramix, o druida da Aldeia, faz uma poção extremamente fedorenta para mostrar outro mal que acometeu os romanos, aí... bem, confira e diga se não encaixa direitinho com os últimos acontecimentos.

Clique aqui para ver em tamanho maior ou aqui para ver as falas com mais detalhes.

P.S.: Para falar a verdade, atitudes impetuosas, feitas sem pensar acabam me lembrando de outro governante que o Brasil teve.

Acho que eu preferia o D. Pedro I mesmo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter