12 junho, 2007

Noite quente...

Fondue de chocolate
____ Fez tanto frio em São Paulo nas últimas semanas que eu até aproveitei para brincar com o fato dos estudantes estarem acampados na reitoria da USP – muitos do lado de fora e, portanto, passando frio. O frio fez com que eu, em vários dias, fosse dar aula de cachecol para proteger minha garganta. Tomei mais sopa nas últimas semanas do que no resto do ano todo. Minha mochila ficou mais rechonchuda por quase um mês (eu sempre saia de casa com um colete a mais na mala).
____ O dia dos namorados, então, estava para chegar. Aproveitando o frio, pensei que minha namorada iria adorar um jantar especial. Comprei um fondue de chocolate (comprei o que tinha instruções mais detalhadas no verso. Sou um horror na cozinha). Para mergulhar no fondue uvas, morangos, waferes (se você nunca experimentou wafer com fondue de chocolate, não sabe o que está perdendo) e, para terminar o fondue em grande estilo, cerejas. Tudo pronto. Separadinho. Só faltava esperar a noite de terça-feira.
____ Vou dormir, bem enrolado no meu edredon, imaginando que minha namorada vai adorar o jantar-presente. Acordo cedo para trabalhar. Quando estou indo pegar o elevador, meu pai fala:
____ – Filho, deixa esse casaco aí. O homem do tempo disse que a temperatura vai chegar a 27 graus.
____ Poxa... 27 ºC. Bem no dia dos namorados. No dia do meu fondue de chocolate...
____ Olha, não sei quanto ao jantar... espero que a temperatura esfrie até lá. Entretanto, afirmo, eu vou dormir abraçadinho com a minha gatinha nem que eu tenha de ligar o ventilador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter