04 agosto, 2007

Neurótico e nervoso


_____Apesar do vídeo acima conter uma das minhas cenas preferidas do filme Annie Hall (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, Woody Allen, 1977), a cena com a qual mais me identifico é a do vídeo abaixo. Annie Hall (Diane Keaton), a noiva de Alvy Singer (Woody Allen), chega atrasada ao encontro de modo que, quando o casal chega à bilheteria, a vendedora informa que o filme já começou há dois minutos. Alvy, então, recusa-se a entrar no filme.

_____Assim como a personagem de Woody Allen, não suporto entrar em um filme depois que ele já começou e considero campeões da falta de respeito aqueles que entram. O cinema não é sua casa e nada dá a você o direito de atrapalhar aos educados que chegaram no horário anunciado para o início da sessão. Depois que as luzes apagarem, não entre. Se for em uma peça de teatro, então... acho que nem preciso comentar.

_____Aproveitando que falei de teatros, alguns cinemas de São Paulo estão adotando a política dos lugares marcados. A idéia tem seu lado bom. Não acho que alguém deve pegar uma fila para comprar um ingresso e, depois, outra para conseguir pegar um bom lugar. Entretanto, essa novidade estimula algumas pessoas mal educadas a entrarem atrasadas no cinema. Sabendo que seu lugar já está reservado, alguns infelizes entram muitos minutos após o apagar das luzes e ficam a procurar os lugares que compraram. É insuportável.

_____Como gosto de ir ao cinema entre segunda e quinta-feira, dias mais vazios, as filas nunca foram um grande incomodo para mim. Os lugares marcados, por outro lado, acabaram me incomodando bastante dia desses.

*****

_____Fui ao Cine Bombril em uma tarde de terça. Como eu sei que o Cine Bombril não costuma ficar lotado (muito menos em uma terça a tarde), cheguei ao cinema uns três minutos antes do horário anunciado para o início da sessão. Desci as escadarias da bilheteria correndo e, então, parei, pois duas amigas estavam na minha frente comprando ingresso. A moça da bilheteria, após a raparigas terem dito qual filme assistiriam (o mesmo que eu), perguntou:

_____– Quais lugares vocês querem?

_____Apesar de 98% dos lugares estarem livres, as duas ficaram discutindo entre si qual lugar elas preferiam... e o tempo passando. As luzes apagaram segundos depois de minha entrada na sala (na frente das duas amigas, pois fui correndo para dentro do cinema após comprar meu ingresso).

_____Eu entendo que é a nova política do cinema vender ingressos com lugares marcados. Porém, a sala estava vazia e o filme iria começar em poucos minutos, não era necessário perguntar qual lugar a pessoa prefere (tanto que, para adiantar a vendedora, entreguei meu dinheiro, falando “Cadeira A-1!” e, obviamente, sentei em outro lugar qualquer).

_____Tudo teria terminado bem se, segundos depois dos trailers acabarem, um homem não houvesse entrado, acompanhado de uma garota. Após procurarem seus lugares e sentarem bem ao meu lado, o macho alfa passou o resto do filme falando para a moça tudo que ele “entendia” sobre cinema europeu. Amigos meus, se a vida se parecesse mais com um filme do Woody Allen... Eu, simplesmente, mudei de lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter