08 junho, 2008

Motivo indefinido

_____Uns dias atrás, eu e uma das minhas parceiras de dança iríamos treinar. Porém, no meio da tarde do dia combinado, o namorado dela me ligou desmarcando:

_____– Ulisses, hoje a Fê não vai poder ir ao treino. Tudo bem?

_____– Sem problemas – respondi. – O que aconteceu?

_____– Ela não vai poder ir.

_____– OK... Por quê?

_____– Nada não.

_____– Aconteceu algo?

_____– Aconteceu um imprevisto.

_____– Ah... tá bom. Nada grave, né?

_____– Depois ela te explica.

_____No fim das contas, nada de errado havia acontecido, minha parceira só tinha outro compromisso. Agora, sinceramente, não sei se o problema é a falta de definição nas justificativas das pessoas ou a minha falta de noção por não parar de perguntar quando as pessoas não querem informar algo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter