16 outubro, 2008

Sobe/Desce



_____Ontem eu fui ao SESC Paulista dar uma olhada em uma parte da “Mostra SESC de Artes 08” que se encontra na unidade. A Mostra sempre tenta trabalhar com diversas linguagens artísticas e, desta vez, as que mais me agradaram estavam em lugares um tanto inusitados: as escadas e os elevadores.
_____Apesar da dificuldade que é ler alguma coisa com o ininterrupto entraesai de pessoas do elevador, a ficção de Bernardo Carvalho faz valer o esforço. Os textos combinaram perfeitamente com o ambiente e, queira ou não, sempre existe a possibilidade de uma ninfomaníaca ficar presa no elevador com você.
_____Mesmo não tendo a vantagem da ninfomaníaca, as escadas são um ambiente bem mais convidativo artisticamente: o sedentarismo das pessoas permite que o local torne-se ótimo para que qualquer um possa parar e degustar, calmamente, a intervenção artística que está sendo oferecida. Os textos de Joca Reiners Terron cumprem seu papel, mas é o design de Valéria Marchesoni que transformou a escadaria do 10º ao 15º o ponto mais interessante da exposição.
_____Aconselho que os paulistanos que quiserem aproveitar, corram. A Mostra só vai durar até dia 18.

Um comentário:

  1. Que inveja que eu tenho dos paulistanos!
    Forte abraço sempre.

    ResponderExcluir

Site Meter