09 junho, 2009

Leitor processa escritora Leticia Wierzchowski

Nota: Para entender bem esta paródia, aconselho a leitura do meu texto de estréia no Editorial do Ops! (mais incauto do que os textos aqui do blog) e suas indicações.


#####



_____Em uma atitude inédita, o leitor Milton Ribeiro está processando a escritora Leticia Wierzchowski. Tudo aconteceu porque o Sr. Ribeiro leu A Casa das Sete Mulheres e mais um artigo que a autora publicou no jornal Zero Hora e, agora, quer seu dinheiro e tempo gastos de volta.
_____“Isso é um desrespeito. Uma autora tão ruim assim não pode ficar impune. Imagine: eu li as mais de 500 páginas do romance e ainda um artigo que ela publicou no jornal. Um absurdo completo, uma inconcebível perda de tempo. Quero o dinheiro que paguei comprando o livro e o jornal do dia e ainda quero um ressarcimento pelo meu tempo perdido. E ela que se dê por satisfeita por eu não passar para ela, também, a conta do meu analista.”, falou, com os cabelos cada vez mais brancos, o pobre leitor.
_____Leticia Wierzchowski não estava quando foi procurada por nossa reportagem. A assessoria de imprensa da escritora limitou-se a dizer que Leticia está tomando aulas de gramática e não tem deixado de entregar nenhuma lição aos seus professores. A estimativa é que os textos dela consigam chegar a ter a qualidade dos escritos de Paulo Coelho nos próximos 5 anos. “Para atingir a qualidade de uma Clarice Lispector, ela teria mesmo é de nascer novamente. Três vezes!”, afirmou, taxativo, o diretor da escolinha de aulas particulares que a autora anda frequentando.
_____Milton diz que está confiante de que obterá um bom resultado com o seu processo e manda dizer para Leticia que a vingança vem de alazão negro.

7 comentários:

  1. Hahaha, muito bom! Devias colocar um link lá no blog dele avisando disso aqui.

    ResponderExcluir
  2. Sou quase vizinho de porta do Milton Ribeiro. Vou tirar essa história a limpo, já que ele comprou meu livro também...vai que estou sendo processado e não sei.
    Há braços!!
    E feliz endereço novo, meu caro Ulisses

    ResponderExcluir
  3. Eu li a crítica dele e achei ofensiva, em muitas partes, à toa. Sei lá, foi a única i´mpressão que tive dele. Não gosto da obra dela ( o que conheço). Não entendo nada de formato de crítica oficial, mas acho que deveria ser a obra e não a autora diretamente. Enfim.

    ResponderExcluir
  4. Não vou dizer que discordo... Crítico que ataca só o autor, ou não leu a obra, ou acabou não entendendo nada dela. Não acho que seja o caso do Milton. É possível encontrar bons comentários dele sobre os trabalhos da moça.

    O que não vale é a Leticia, ao invés de atacar a obra do Milton literariamente (ou até mesmo o Milton como pessoa), no âmbito dos textos, processar.

    Sendo assim, que ela aguente paródias. São as armas dos inteligentes.

    ResponderExcluir
  5. Maior viagem o processo da escritora. Isso é preconceito contra o blogueiro. Os críticos profissionais falam o que querem e nada acontece...

    ResponderExcluir
  6. [...] (só sabe em piadas), ainda fornece morada para o daltônico Milton Ribeiro (sim, aquele mesmo que processou a escritora). [...]

    ResponderExcluir
  7. Sou fã desta escritora. Li várias de suas obras e gostei de todas.

    ResponderExcluir

Site Meter