17 novembro, 2009

As imagens do desabamento do Rodoanel



___Vamos fazer um pequeno exercício? Abra a homepage do Google e/ou do Yahoo! e digite “Guerra”. Agora clique em “Imagens” (de preferência com o SafeSearch/Filtro Familiar desativado). Horrível, não? Agora digite “Guerra” e, também, “Afeganistão”. Mais cenas grotescas. Troque “Afeganistão” por “Vietnã”. Imagens fáceis de deixar qualquer um chocado. Acha bom trocar de tema? Quer algo mais recente? Tente “Furacão” e “Ida”. Mesma coisa: fotos tristes de destruição. Agora apague tudo e digite “Desabamento”. Destroços, construções destruídas. Quer ver agora a pior de todas? Digite “Desabamento” e, também, “Rodoanel”. Isso mesmo, procure pelas imagens do acidente nas obras do Rodoanel Mario Covas, aqui em São Paulo – acidente ocorrido na última sexta-feira, dia 13. O que achou? Medonho, certo? Vou reproduzi-las abaixo.
___Google:


___Yahoo!:




___Achou? Eu também não. O Google mostra só cenas calmas: o Rodoanel, o governador José Serra, mapas, máquinas trabalhando. Nenhum desabamento; nem mesmo um destroço.  O Yahoo!? O Yahoo! fica em uma situação pior ainda: não mostra nada. Aparece simplesmente a mensagem “Não foram encontrados resultados sobre ‘desabamento rodoanel’.”.
___O que é isso? Que falta de vergonha na cara é essa? De onde vem essa censura velada?
___Nem imagino se a ordem para esconder as imagens veio de coação do governo estadual, de suborno da Dersa (empresa responsável pela construção) ou do Chuck Norris em pessoa. O fato indiscutível é que o acesso às fotos do acidente foi dificultado e isso queima bastante a credibilidade desses serviços de busca.
___Quanto às imagens, elas obviamente existem, soltas pela rede. Deixo algumas delas abaixo.

#####


P.S.: O furo, obviamente, não veio da grande imprensa, mas, sim, das mídias sociais. Recebi a dica da minha vizinha de portal Camila Pavanelli, que encontrou a notícia no blog Estado Anarquista e no Cloaca News. Não achei mais ninguém falando disso, mas, também, os procuradores não ajudaram. Ainda bem que não precisamos mais contar somente com grandes empresas para saber de alguma notícia.

15 comentários:

  1. E ainda vai ter gente votando no Serra...

    ResponderExcluir
  2. Bom Dia Ulisses,

    No dia deste acidente eu vi uma chamada pelo yahoo, e uma amiga japonesa que estava ao meu lado viu minha cara de espanto e pediu que eu explicar a ela o que havia acontecido. Então resolvi busca imagens do acidente e rodoanel pela net, mas também não consegui acha nenhuma em nenhum site de ajudas. A japonesa acabou não entendendo nada e eu menos ainda, já que o acidente aconteceu na maior cidade do país e as consequencias podia ter sido piores....

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente, não tenho como mostrar a imagem, mas um fato que achei interessante é que no dia seguinte ao apagão, nenhum termo relacionado ao acontecido (blecaute, torres etc) na relação de mais procurados, que fica à direita da home page do Yahoo!, o que me reforça a impressão de que aquele top 10 nada mais é do que uma relação de clientes que pagou para ter uma propaganda "velada".

    ResponderExcluir
  4. Hum... aí eu não sei, George. Antigamente o Top 10 do Yahoo! era semanal. Não será o caso desta vez?

    ResponderExcluir
  5. Pode ser, Ulisses. Mas eu continuo "com uma pulga atrás da orelha", sem saber se essa lista é mesmo dos 10 mais buscados.

    ResponderExcluir
  6. [...] As imagens do desabamento do Rodoanel – Incautos do Ontem incautosdoontem.opsblog.org/2009/11/17/as-imagens-do-desabamento-do-rodoanel – view page – cached O texto procurado encontra-se logo abaixo. Caso o seu gosto seja muito apurado e, portanto, o desejo de ler outros artigos do talentoso autor deste blog torne-se uma necessidade, conheça o restante... Read moreO texto procurado encontra-se logo abaixo. Caso o seu gosto seja muito apurado e, portanto, o desejo de ler outros artigos do talentoso autor deste blog torne-se uma necessidade, conheça o restante do Incautos do Ontem clicando aqui. Para receber as novas postagens assim que elas forem publicadas, assine o RSS feed ou deixe o seu e-mail. Volte sempre. Read less [...]

    ResponderExcluir
  7. Afff

    Excelente Post!
    Soh a imagem daquele logo das Olimpiadas ja me enoja!

    ResponderExcluir
  8. Opa pessoal, aqui tem alguns blogs que constataram o mesmo que vocês:

    http://festivaldebesteirasnaimprensa.wordpress.com/
    http://www2.paulohenriqueamorim.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Trabalho bem de perto com os motores de busca (inclusive de imagens) e duvido muito que exista alguma manipulação. Mesmo assim é interessante a análise.

    Abração.

    André.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Ulisses! De ontem aconteceu um fato que reforça a minha tese: o nome da "Leila Lopes", falecida ontem, já figura em PRIMEIRO LUGAR no Yahoo! mais buscados. Tudo bem que sexo vende bem, mas sangue também -- e continuo achando estranho que não tenha aparecido "apagão" nem entre os 10 primeiros mais buscados.

    ResponderExcluir
  11. André,

    Esse é o tipo de situação em que, para quem está fora, é difícil provar que houve manipulação. Para quem está dentro, é difícil convencer que não há manipulação. Mas você há de concordar que é no mínimo suspeito não apresentar NENHUM resultado conforme o procurado.

    Saudações,

    George

    ResponderExcluir
  12. Desculpe mas tenho de soltar uma grande risada em relação a esse post.
    Adoro o blog, e, apesar de não poder acompanhá-lo assiduamente, sempre estou lendo cada post.

    Bom, mesmo passado 14 dias desde o ultimo comment, talvez ninguem note este, mas vamos ao fato de eu estar rindo

    Sites de busca como Google Yahoo! não são racionais ou possuem mentes malignas que querem poupar o desastre por trás da tragédia, ou qualquer outro tipo bizarro de manipulação. Os sites funcionam da seguinte forma: relacionam os códigos enviados através da barra de busca aos códigos jogados na rede, ou seja, comparam palavras de busca com palavras que estão na internet.
    Com a imagem, ao mínimo o nome de postagem dela deve possuir algo como, no caso, desabamento do Rodoanel, para que um dos buscadores relacionem e mostrem tal imagem.

    Tanto que, se você procurar pelas mesmas imagens agora, encontrarão todas estas mostradas no post e mais. Quando a notícia é recente, não é tão rápido quanto se pensa de relacionar tudo isso.

    Fica aí minha informação, de alguém que nem ao mínimo está perto de trabalhar com isso, mas somente lê

    Abraços, grande profº de história

    Júlio

    ResponderExcluir
  13. Júlio, meu querido, não seja tão ingênuo. É claro que eu sei como funcionam, por exemplo, as buscas do Google. Só que nesse caso, as coisas funcionaram de maneira atípica. Recomendo a releitura do texto, mas vamos olhar tudo com calma:

    1) Claro que pode não ter existido manipulação de ninguém. Vc pode até olhar novamente o que eu escrevi, ninguém foi acusado – eu apenas levantei hipóteses (ou vc acha mesmo que eu acusei seriamente o Chuck Norris?). Agora, acreditar de antemão que é impossível manipular esses procuradores é tão ingênuo quanto acreditar em tudo o que a Igreja Católica falou durante toda a sua história.

    2) Eu sei que os procuradores não encontram tudo na hora, instantaneamente. Mas, olhe a data da publicação do meu texto (17/XI), vários dias depois do desabamento (13/XI). Você vai me dizer que é pouco tempo? Faça uma coisa, então: entre na procura de imagens do Google hoje (dia 24/XII) e digite as palavras “Sean” e “pai”. Sabe, aquele caso do menino que a parte materna da família não queria que o garoto ficasse com o pai americano? Pois bem, o moleque foi liberado hoje. Hoje, dia 24, saíram fotos nos jornais dele sendo levado para o aeroporto pelo pai. E as fotos hoje já estão nos procuradores. Pode conferir.

    Citei esse caso pq, assim como com o caso do Rodoanel, é algo que saiu bastante na imprensa e vc pode encontrar mtas fotos tanto antes (do desabamento/do pai ter recuperado a criança) quanto depois.

    3) Depois que o meu blog e outros denunciaram o caso, claro q era mais fácil para o Google simplesmente liberar as fotos e fingir que nada aconteceu. Olhar bem depois da repercussão tem, é claro, um efeito diferente.

    De qualquer modo, continue sempre a questionar, só faz bem. Só que procure sempre o máximo de pistas em tudo. E leia Conan Doyle. ;-)

    ResponderExcluir
  14. Façam o mesmo exercício buscando "poluição", qualquer poluição, ar, águas, lixo, petróleo, carvão, nuclear, carros, mar, esgoto, bélica...
    Não vão encontrar nada, em português ou inglês referente o hemisfério norte, só gráficos e soluções. Poluidores são só o BRICs e o terceiro mundo. O norte é "clean" e "ecológico" e o Sul é sujo.
    Não encontrei nada sobre a poluição de carvão e química da Alemanha, o Rio Tamisa pegando fogo (isso mesmo) na Inglaterra, a poluição do ar e carros nos EUA e Japão, a devastação e contaminação radioativa dos "testes" atômicos franceses no Pacifico sul entre 60 e 96, fora o estrago produzido por EUA e Rússia durante a louca corrida armamentista. Quando tentei encontrar imagens de poluição para um singelo trabalho sobre poluição (1º Grau), minha filha só viu imagens de latinos e asiáticos poluidores.
    Os buscadores são ferramentas políticas e dominação, filtram com parcialidade, não existe privacidade nem liberdade, e a veracidade duvidosa. Utilizem com reservas.

    ResponderExcluir

Site Meter