23 novembro, 2010

Yen Dorado

___É necessária muita coragem para se fazer determinadas escolhas. Ser um dançarino, em um mundo preconceituoso como o nosso, é uma dessas escolhas difíceis. Em dança de salão, os homens, além de encarar o preconceito, encontram o enorme obstáculo que é conduzir:  levar a parceira a executar os passos que o condutor escolheu. A maioria dos homens nem pensa em começar a dançar. Muitos dos que começam, desistem por conta dessas dificuldades.
___Escolher ser um dançarino profissional, então, acaba por ser um desafio absurdamente maior. Se não existissem os problemas já citados, sustentar-se como dançarino não é das tarefas mais fáceis. Mesmo assim, trabalhando com dança por quase uma década, conheço um número bem grande de dançarinos profissionais que vivem exclusivamente disso.
___Neste triste novembro, morreu Yen Dorado. Além de enfrentar os preconceitos clássicos de ser um homem dançando, ultrapassar a barreira da condução, profissionalizar-se como dançarino, Dorado enfrentou um obstáculo maior ainda ao escolher competir em campeonatos profissionais com seu parceiro Eli Torres.
___No ESPN World Salsa Championships, em 2007, Yen Dorado e Eli Torres chocaram os interessados em salsa ao competirem como um casal de dançarinos do mesmo sexo. A trajetória deles não viveu só do brilho do atípico, mas, sim, da habilidade de ambos: em 2009, Dorado e Torres venceram o Mayan World Salsa Championships, o mais antigo dos campeonatos mundiais de salsa.
___A coreografia vencedora segue abaixo:








___Que o corajoso Yen Dorado descanse em paz.

6 comentários:

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Laíse Lobato , O pensador selvagem. O pensador selvagem said: OPS! > Blog Incautos do Ontem: Yen Dorado http://bit.ly/ft7Usw [...]

    ResponderExcluir
  2. Olha, por outro lado (comentário completamenta invejoso, confesso), quando um homem se propõe a ser dançarino, as coisas acontecem mais facilmente pra ele. As companhias o chama rapidamente, mesmo que ainda não tenham alcançado um bom nível técnico, ele tem preferência na hora de receber bolsas e não precisa se preocupar com visibilidade ou falta de papéis. Enquanto isso, as bailarinas precisam se matar pra conseguir qualquer uma coisa dessas. Tudo por causa da concorrência - ou a falta de.

    ResponderExcluir
  3. Claro, Caminhante, ou em algum momento vc achou q eu realmente era um bom dançarino?

    ResponderExcluir
  4. Todos nós somos, nenhum de nós é...

    ResponderExcluir
  5. Uma coisa leva à outra...

    http://caminhantediurno.blogspot.com/2010/11/talentosos.html

    ResponderExcluir
  6. Si realmente tuvieron que ir en contra de los prejuicios, lucharon mucho juntos para romper las barreras de la gente que esta encerradas es pensamientos preconcebidos..... Yen Dorado, era un pionero, logro todo lo que queria en esta vida, siempre supo como saltar los obstaculos, era un gran luchador, y sobre todo a pesar de haber llegado a donde queria seguia siendo una persona humilde, sobretodo humilde como dicen los miles de amantes de la salsa que lo conocieron y compartieron con el, tambien era una persoa honesta, trabajadora, impetuosa para el no habia ballas que no puediera saltar, por eso y muchos mas el seguira bailando en el cielo, haciendo feliz a Diosito......seguira en los corazones de quienes lo amaron. sera inolvidable, es un angel en el cielo.

    ResponderExcluir

Site Meter