09 março, 2011

Anos folheados de dourado

60 anos de TV no Brasil


___Sente falta da escola? Gostaria de voltar àquele tempo em que você era um estudante? Àquela bela época em que você podia andar pelos corredores do colégio e ver, pendurados, os trabalhos dos seus colegas, cheios de figuras e com poucos (e fracos) textos... Saiba, então, que até o dia 13 de março você poderá voltar a esse paraíso nostálgico na exposição 60 anos de TV no Brasil, na Caixa Cultural.
___Ir à exposição – produzida pelo Pró-TV e financiada com dinheiro público – não vai levar ninguém de volta à juventude ou às diversões do aprendizado. O único ponto ligado à vida escolar presente na 60 anos de TV no Brasil é exatamente a pobreza daqueles trabalhos pendurados nos corredores dos colégios, à guisa de exposição.
___Cartazes com imagens mal coladas e não muito bem dispostas são acompanhadas de textos extremamente fracos, com afirmações pouco confiáveis. Alguns banners, com a impressão de qualidade superior a dos cartazes, encontram-se mal pregados em seus biombos. Os objetos de época, minha parte preferida da 60 anos de TV no Brasil, não receberam o destaque devido.
___A exposição em si é simpática (assim como é simpático o vídeo-recepção de Vida Alves na entrada), mas é extremamente fraca. Eu entendo que tudo foi organizado por gente que ama televisão, que trabalhou com ela há muito tempo, mas claramente não é gente acostumada com aquele tipo de montagem. Tal qual trabalhos escolares de estudantes não muito esforçados, talvez valha mais à pena ouvir a ideia da exposição do que vê-la.


Vida Alves e a sua versão digital
#####


Nota: Não estou aqui criticando trabalhos de alunos. Existem muitos trabalhos escolares tão bem feitos que mereciam mesmo algum tipo de exposição. Entretanto, infelizmente, não é o comum, não é a média.

Um comentário:

  1. Eu acho que só iria a uma exposição desse tipo se ela fosse bem multimídia. Com aparelhos antigos funcionando e vídeos mostrando os programas que marcaram época.

    ResponderExcluir

Site Meter