26 setembro, 2011

O castigo vem a cavalo

___Queridos leitores, vocês leram o meu artigo sobre a boa colocação da ETESP entre as escolas de Sampa, né? Pesado, não?
___Eu sei, foi falta de cautela escrever aquilo. Não se fala daquele jeito do lugar que você trabalha, dos seus superiores hierárquicos, do governo. É perigoso. Eu sabia que eu poderia ser castigado.
___No entanto, quando pensei em castigo, imaginei que eu poderia ser chamado à direção da escola para tomar um esporro, que eu poderia ser demitido, processado, preso, torturado, expulso do país ou qualquer coisa do tipo. Claro, existia a possibilidade de algo mais humilhante, como ser jogado em uma arena, de sunga, para lutar no gel contra o governador Geraldo Alckmin. E é só. Não pude conceber que algo pior pudesse acontecer.
___Infelizmente, leitores, o golpe que eu recebi foi muito mais duro. Hoje, eu me sinto humilhado, violado, sujo. Não quero mais sair à rua. Tenho vergonha, medo que me reconheçam. Olho para as pessoas, de canto de olho, cabeça baixa, receoso que me apontem. Nem mesmo perto dos meus conhecidos eu tenho coragem de ficar.
___Eu sei que a ETESP é um colégio famoso e que o bom resultado no ENEM iria atrair a atenção da imprensa. Não foi à toa que vários jornais e revistas apareceram por lá entrevistando, tirando fotos. E de todos eu fui aparecer bem em qual? Em qual?!? No jornal da Igreja Universal. O Horror! O Horror! Com foto e tudo! Puxa vida, é um castigo grande demais. Será que eu merecia tanto?


M. U. Trida - Aula - 1º Épsilon (2011) - ETESP


___Tá bom, fui muito dramático. Podia ser bem pior. Imaginem se eu estivesse na capa da Veja, ao lado do Alckmin, com uma manchete tipo “PSDB, ensinando a fazer educação pública de qualidade”.

11 comentários:

  1. Deve ser engraçadíssimo uma coisa dessas... Eu imagino o pessoal da imprensa descobrindo depois de te colocar numa matéria que você crítica o modelo educacional da escola...

    ResponderExcluir
  2. Tb acho engraçado, Leonardo. Só q eu duvido q algum "jornalista" vá ler sobre o assunto depois q a notícia passou.

    ResponderExcluir
  3. vc fez tanto drama q eu podia jurar q era a veja :)

    ResponderExcluir
  4. Haha, deixa a Sra. Didi ler isso!
    Assim vc não será salvo! rs.

    ResponderExcluir
  5. Gisele (Mãe Will)27 setembro, 2011 17:53

    Caro professor Trida,

    Você já tinha minha admiração pelo mestre que é, depois deste texto brilhante, digo: Você é demais!!!!!!!
    A Educação pública necessita de mestres desta qualidade em TODOS os sentidos.

    Gisele

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHA! Trida, você é demais! Obrigada por posts assim

    ResponderExcluir
  7. HAHAHAHAHA Não queria ser você nesse momento, sério. Acho que seria melhor sair na veja.

    Se eles tivessem prestado atenção na sua aula, estariam chamando a escola de núcleo de blasfêmia e satanismo do mal que vai acabar com esse pais e depois com o resto do universo.

    ResponderExcluir
  8. Bah tche, por um momento me preocupei, mas com um texto desses
    deu para relaxar. E, veja pelo lado positivo, é uma reportagem e não um exorcismo, se bem que isso teria um lado cômico.

    Valeu pelo brilhante texto.

    ResponderExcluir
  9. Grande professor Trida, tem como pegar o segundo alfa ano que vem? :#

    ResponderExcluir
  10. MUITO BOOOOOM! TEXTO ESCRITO NO MELHOR ESTILO TRIDA!!!

    ResponderExcluir

Site Meter