12 outubro, 2013

O Trabalho enobrece (postagem especial de Dia das Crianças)

___Fui convidado a ensinar “Ética e Cidadania” em turmas de Ensino Técnico e Superior. Logo no início do curso, passei um cronograma com os temas que eu pretendia trabalhar com as turmas. Entre eles anunciei que, em determinada aula, falaríamos sobre “trabalho infantil”. Na semana anterior àquela aula, um aluno enviou a seguinte tirinha:
A Escolha, por Will Leite
___Como provocação, a tirinha serve muito bem. Mas, se a reflexão em sala de aula fosse acabar apenas com esse maniqueísmo pobre, melhor seria nem começar o curso. 
###
Arbeit macht frei
___Quem sou eu para dizer que não são lindos os inúmeros exemplos de trabalho que ajudou a moldar bem o caráter de uma pessoa justa e esforçada? Ser respeitoso, ter de cumprir um horário, agir sempre de determinada maneira e muitos outros pontos próprios do trabalhar podem muito bem ensinar responsabilidades para os jovens. Só que o mundo não é só preto e branco vermelho, amarelo e verde. 
___O trabalho pode enobrecer, mas o trabalho, principalmente em determinada idade, pode também corromper. Trabalhar na infância, pode afastar o jovem dos estudos –, ou, para dizer pouco, prejudicar o desempenho. 
___Mais ainda. Não existe apenas o caso do pai amoroso e preocupado que quer ver a filha ganhar responsabilidade. Existe também a exploração infantil. Pais colocando os filhos nos faróis para mendigar; crianças executando trabalhos agrícolas que seriam árduos para adultos; prostituição infantil. Enxergar apenas o “trabalho infantil educador” é muito conveniente. 
___Falando de enxergar, force a memória e tente se lembrar da última criança que veio pedir comida para você; daquele menino catando latinhas de cerveja na festa de carnaval; da menininha costurando; do garoto vendendo chiclete no metrô; da menina querendo limpar o vidro do seu carro; da mãe que pedia esmola segurando um bebê; do garoto-engraxate. Você viu todas essas crianças? São todos exemplos de trabalho infantil. Ou você está tão acostumado que nem viu? 
___Se não viu, saiba que quando alguém brada contra o trabalho infantil, está falando principalmente desses casos. Tente olhar com mais atenção, tá bom?
#####
P.S.: Mesmo não tendo concordado muito com a ideia desta tirinha, acabei conhecendo o trabalho do WillTirando. Deixo algumas que me agradaram mais. 
Dez anos mais, por Will Leite

Irrelevante, por Will Leite

A maldade do mundo está nos olhos de quem vê, por Will Leite

Adoção?, por Will Leite

Coisas incríveis que aconteceram na Ditadura

Um comentário:

  1. Não tem jeito. Ou vc trabalha ou vc não trabalha. Se não trabalha, é pisoteado pela sociedade, é visto como um imprestável. Se trabalha, provavelmente fará algo que não gosta. Se tenta fazer algo que gosta (geralmente essas coisas nunca dão dinheiro) é novamente pisado pela sociedade. E mesmo quando consegue fazer algo que gosta, viverá no aperto.

    A outra opção é fazer algo que não gosta e ser rico. É ter que sofrer 5 vezes por semana e fingir que os fins de semana e as férias compensam os 5 dias. É ser a pessoa que, na velhice, olha para trás e se arrepende por não ter feito o que realmente queria fazer.

    Bom, acho que esse é o resumo da nossa sociedade.

    ResponderExcluir

Site Meter