30 de janeiro de 2018

O sindicalista e o herói?

___Recebi, por mais de um meio, o vídeo que colocarei abaixo. Junto ao vídeo, um texto introdutório explicando a situação. 

###

o sindicalista valentão acostumado a bloquear entrada do trabalhador, vai e grita:
– Se furar o bloqueio furo o pneu!!!
Nada como a calma e o diálogo franco e direto para ensinar um esquerdista que não vivemos em Cuba!


###

___Em alguns links do Facebook, os comentários parecem apoiar bem o que foi dito no texto e o resultado do vídeo. 

Comentários do vídeo com o "sindicalista" apanhando

___Caso você tenha estômago para isso, é só clicar neste link para ver trocentos outros comentários com um teor bem parecido.  

###

___Meu comentário é simples. Eu nem imagino se o que está descrito no texto introdutório é verdadeiro. 
___Não sei se o senhor que apanhou era mesmo sindicalista. Ele estava com uma camiseta vermelha, mas isso não quer dizer nada. Eu vivo de camiseta preta e não é porque estou de luto. Tenho um boné verde, porém nenhum PM quer tirar selfie comigo quando vou a algum protesto
___Portanto, repito, nem imagino se o texto que introduz o vídeo narra o que realmente aconteceu. Não sei se foi aquilo mesmo ou se foi uma briga de trânsito. Entretanto, eu tenho certeza de algo: eu sei que, no vídeo, um cara grande e jovem bateu em um senhor de cabelo branco. Sem dúvida, isso aconteceu. Sem dúvida, o cara que bateu é um criminoso. 
___Agora, se quem compartilha o vídeo quer usar esse crime para justificar suas convicções políticas e seu apoio à violência, aí é outro assunto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário