27 agosto, 2007

Nossa Idade Moderna

_____Em meados do século XVI os homens ligados ao movimento cultural conhecido como Renascimento nomearam a época em que viviam de Idade Moderna e aproveitaram para agredir o período anterior chamando-o de "Idade das Trevas" (a Idade Média, que os historiadores costumam marcar, classicamente entre 476 e 1453). A Idade Moderna (1453-1789) foi, realmente, muito diferente do Período Medieval*, e não é algo absurdo considerar os renascentistas como homens de vanguarda, como cabeças de lança de uma nova época.

_____Durante o último final de semana eu participei do BlogCamp, evento que reuniu alguns blogueiros para debater sobre assuntos de interesse comum à blogosfera. Mesmo com certos problemas (era só bobear um pouco que qualquer assunto degringolava para monetização dos blogs), o evento foi bem válido: foi ótimo ver pessoas inteligentes e que sabem se colocar muito bem (o Edney, vulgo Interney, merece todo o respeito que ganhou), piadas contadas na hora certa (o Cardoso sabe contar piadas ao vivo quase tão bem quanto nos textos), conhecer pessoas muito legais (a da oferecida pelo boo-box.

BlogCamp SP 2007

Foto do primeiro dia de evento (comigo no fundo).

_____Entretanto, o mais interessante de tudo foi notar a consciência que os blogueiros em sua maioria têm de que os blogs fazem parte de um movimento de vanguarda. Não estou dizendo que os blogs realmente têm essa importância toda (muito menos que não têm), estou apenas querendo deixar esse fato claro (ou mais claro) como um ponto importante de reflexão.

_____Ainda vai ser necessário um bom tempo para se dizer se essa geração de blogueiros realmente fez alguma diferença nas mudanças culturais do nosso tempo. E vale a pena dizer que, apesar da fala exaltada de muitos contra a imprensa (graças a ainda recente polêmica do Estadão), eu espero que a prepotência característica dos blogueiros não nos deixe cometer o erro de agredir tanto o período que nos antecedeu a ponto de chamá-lo de “Idade das Trevas” e esquecer tudo de bom que herdamos dele.

__________

* Apesar da minha afirmação, vale a pena conhecer o texto “Por uma longa Idade Média”, de Jacques Le Goff, historiador francês, que, entre outras coisas, defende que podemos considerar a medievália como um período mais longo.

__________

Foto: Carlos Cardoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter