27 fevereiro, 2009

O Museu Paulista (Parte 1)


_____A História de São Paulo fede. Por muito tempo, a região que hoje engloba o estado foi completamente irrelevante tanto para Portugal, como para a colônia em si. A cidade, então, foi, por séculos, um lugar paupérrimo, antro de bandidos e homens que eram obrigados a abandonar suas famílias para ganhar seu sustento em locais distantes fazendo, muitas vezes, atividades pouco louváveis (caçando escravos foragidos, destruindo quilombos, escravizando índios). Não foi à toa que Sampa foi um dos campeões na utilização de indígenas como escravos no Brasil Colônia até meados do século XVIII.


_____Quando deixou de ser irrelevante, São Paulo foi, para dizer o mínimo, escroto. Graças aos ganhos advindos do café desde o século XIX, o estado presenteou o país com os famosos “Governos do Café com Leite”, que praticamente definiram as bases da corrupção e do clientelismo na República brasileira.


_____Os ricos Barões do Café paulistanos, no entanto, utilizaram seus recursos para redimir a História do estado e transformar Sampa em um local teoricamente essencial para o Brasil. Historiadores e mais historiadores tiveram que fazer um esforço hercúleo para transformar a nossa visão do passado.  Hoje, parece que tudo o que o país teve de bom, o que houve e o que há de melhor, são dívidas que os brasileiros têm com a região Sudeste e, mais precisamente, com São Paulo. O exemplo máximo de tudo isso é o famoso Museu do Ipiranga.




#####

Próxima parte: Análise do acervo.


#####



P.S.: Domingo, às 11h, irei encontrar alguns amigos na porta do Museu do Ipiranga (Parque da Independência, s/n.º – Ipiranga) para fazer um pequeno passeio. Meus leitores que estiverem em Sampa, como de costume, estão convidados. Para mais informações, é só entrar em contato.
P.P.S.: Publicarei o restante deste texto após o passeio. Quem aparecer, verá, ao vivo, uma prévia mais bem ilustrada.

3 comentários:

  1. Boa! Esse eu gostei!

    ResponderExcluir
  2. Gilberto Agostinho28 fevereiro, 2009 09:52

    Pô, Ulisses, se eu estivesse em Sampa eu iria sem falta.

    ResponderExcluir
  3. [...] ou deixe o seu e-mail. Volte sempre. #####Powered by WP Greet Box_____Faz pouco mais de um mês, publiquei um texto um pouco polêmico sobre o passado nada glorioso de São Paulo. Citei como principal propagandista do passado paulista o Museu do Ipiranga e convidei vocês para [...]

    ResponderExcluir

Site Meter