26 outubro, 2013

Ironia do futuro

___A época do governo do Fernando Henrique Cardoso foi bastante estranha para mim. Saibam que, durante boa parte da década de 1990, eu recebi a visita de alguns viajantes do tempo. 
___Claro que alguém pode dizer que as coisas estranhas que vou relatar estão ligadas ao fato de que, naquela época, eu estava na faculdade de História e que meus colegas fumavam tanta maconha que acabei alucinando. Deixando essas hipóteses maledicentes de lado, vou contar a minha história.
___Em meio à leitura de algumas notícias sobre a privatização da Telebrás, exclamei irritado:
___– FHC desgraçado!
___– Calma, Ulisses. –, ouvi uma voz falando atrás de mim. 
___Virei gritando, mas, assim que vi que quem estava falando comigo era Marty McFly, rapidamente me acalmei. Não que personagens de filmes costumem aparecer na minha sala, só que naquela época eu recebi tantas vezes Marty e seus amigos que aquela surpresa não me assustava mais. 
Marty McFly
___– O que foi, McFly? Por que não posso me irritar com essas notícias?
___– Entenda, Ulisses, se você começar a ficar nervoso cada vez que souber de alguma notícia sobre privatização, você vai acabar tento um infarto antes que chegue à data futurista do meu segundo filme
___– Bobagem. O Dr. Emmett Brown apareceu faz alguns anos e me disse que, depois deste governo do PSDB, o PT, com o Lula, é que vai governar o país. Você vai ver, será o fim das privatizações.  
___– Ulisses, não seja ingên...
___– Não me venha você com bobagens, Marty! –, falei me levantando, para enfatizar a minha impaciência. – A Clara, mulher do Dr. Brown, chegou até a me mostrar, toda contente, um vídeo com a candidata, também do PT, que o Lula vai apoiar para a sua sucessão. É uma pessoa bem bacana, que chegou a lutar contra a Ditadura Militar de frente! Olha o vídeo com ela dizendo que não vai privatizar nossas reservas de petróleo.
___– Puta merda! É ela mesma que vai comandar as privatizações do pré-sal.
___– Você tá louco? Não prestou atenção? Ela falou que acha isso algo criminoso! Que é o Serra que “só pensa em vender o patrimônio público”!
___– Ulisses, eu juro para você. Para impedir manifestações contra a privatização, essa tal de Dilma vai até colocar o exército na região em que vai acontecer o leilão.
___– Marty, isso não faz nenhum sentido. Eu não falei para você que ela lutou contra a Ditadura Militar? Você acha que uma pessoa assim vai colocar o exército na rua contra a população? Você acha que uma governante do PT vai apoiar a privatização e reprimir o povo?
___– Vai! Acredite em mim. Tenho até uma foto do exército no hotel em que irá acontecer o leilão.
___Enfiando a mão no bolso do casaco, Marty McFly me mostrou a seguinte foto:
Cerca de 40 militares com escudos e armas não letais patrulham, desde a madrugada deste domingo, a área onde será realizado o leilão do Campo de Libra Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil
___Ainda sem acreditar, tentei me mostrar mais calmo brincando com o viajante do tempo:
___– Meu querido, acho mais fácil você me convencer que, nesse mesmo futuro, o Chico Buarque vai defender a censura. 
___– Ah... Ulisses, é melhor você sentar. Acho que eu tenho outra má notícia para você...
#####
Texto completamente inspirado nesta postagem da maravilhosa Camila Pavanelli.

17 outubro, 2013

Elogio às avessas

___Aproveito que a chuva parou por alguns minutos e saio para passear com as minhas cachorras. No meio do quarteirão, encontramos uma moça com o seu chihuahua. Enquanto os cachorros se cheiravam, os donos começam a conversar.
Ela: Nossa, que lindas!
Eu: Obrigado.
Ela: De que raça que elas são?
Eu: São vira-latas. 
Ela: Tem certeza?
Eu: ... Ah... Tenho...
Ela: Nossa, nem parecem vira-latas. Elas são tão bonitas...

12 outubro, 2013

O Trabalho enobrece (postagem especial de Dia das Crianças)

___Fui convidado a ensinar “Ética e Cidadania” em turmas de Ensino Técnico e Superior. Logo no início do curso, passei um cronograma com os temas que eu pretendia trabalhar com as turmas. Entre eles anunciei que, em determinada aula, falaríamos sobre “trabalho infantil”. Na semana anterior àquela aula, um aluno enviou a seguinte tirinha:
A Escolha, por Will Leite
___Como provocação, a tirinha serve muito bem. Mas, se a reflexão em sala de aula fosse acabar apenas com esse maniqueísmo pobre, melhor seria nem começar o curso. 
###
Arbeit macht frei
___Quem sou eu para dizer que não são lindos os inúmeros exemplos de trabalho que ajudou a moldar bem o caráter de uma pessoa justa e esforçada? Ser respeitoso, ter de cumprir um horário, agir sempre de determinada maneira e muitos outros pontos próprios do trabalhar podem muito bem ensinar responsabilidades para os jovens. Só que o mundo não é só preto e branco vermelho, amarelo e verde. 
___O trabalho pode enobrecer, mas o trabalho, principalmente em determinada idade, pode também corromper. Trabalhar na infância, pode afastar o jovem dos estudos –, ou, para dizer pouco, prejudicar o desempenho. 
___Mais ainda. Não existe apenas o caso do pai amoroso e preocupado que quer ver a filha ganhar responsabilidade. Existe também a exploração infantil. Pais colocando os filhos nos faróis para mendigar; crianças executando trabalhos agrícolas que seriam árduos para adultos; prostituição infantil. Enxergar apenas o “trabalho infantil educador” é muito conveniente. 
___Falando de enxergar, force a memória e tente se lembrar da última criança que veio pedir comida para você; daquele menino catando latinhas de cerveja na festa de carnaval; da menininha costurando; do garoto vendendo chiclete no metrô; da menina querendo limpar o vidro do seu carro; da mãe que pedia esmola segurando um bebê; do garoto-engraxate. Você viu todas essas crianças? São todos exemplos de trabalho infantil. Ou você está tão acostumado que nem viu? 
___Se não viu, saiba que quando alguém brada contra o trabalho infantil, está falando principalmente desses casos. Tente olhar com mais atenção, tá bom?
#####
P.S.: Mesmo não tendo concordado muito com a ideia desta tirinha, acabei conhecendo o trabalho do WillTirando. Deixo algumas que me agradaram mais. 
Dez anos mais, por Will Leite

Irrelevante, por Will Leite

A maldade do mundo está nos olhos de quem vê, por Will Leite

Adoção?, por Will Leite

Coisas incríveis que aconteceram na Ditadura

10 outubro, 2013

Acumulados

___Por vezes, os compromissos cotidianos se acumulam (provas a corrigir, aulas a preparar, contas a pagar, síndicos imbecis a aturar, louças a lavar). O resultado é que certas coisas que eu gosto de ver assim que são feitas acabam se acumulando também. Então, em um dia mágico qualquer, de uma vez, eu sento e vejo tudo o que o Alex, a Laerte, o Sakamoto, a Lola, o Latuff, o Rafucko e outras pessoas vivas e especiais, fizeram enquanto eu não pude acompanhar. E quase sempre eu fico com lágrimas nos olhos.
___Deixo o cartoon do Latuff que me causou isso na última leva.
Comissão da Verdade visita antigo DOI-CODI, C. Latuff
Site Meter