28 janeiro, 2014

Vândalos assassinos?

___Fui jantar, no final de semana, com meus familiares. Como eu trabalhei o dia todo, pouco havia visto das notícias sobre os protestos contra a Copa e as suas repercussões. Sem saber sobre o assunto, ouvi, razoavelmente calado, mil impropérios contra “aqueles vândalos, criminosos, que tacaram fogo em um fusca de um pobre trabalhador”. 
___Chegando em casa, fui pesquisar sobre o assunto e acabei escrevendo um e-mail para quem estava à mesa. Reproduzo-o abaixo, tanto porque ficou interessante, como, também, para vocês entenderem porque não recebo mais convites para jantar. 

#####

___Olá, queridos.
___Como vocês sabem, temas como política e protestos me interessam bastante. Depois de ouvir a opinião de vocês na janta de hoje, resolvi dar uma pesquisada maior sobre a história dos "manifestantes assassinos ateando fogo no fusca". Antes de continuar, acho que vale a pena lembrar que, mesmo sendo a favor do direito da população protestar, não apoio que depredem patrimônio público ou bens da população em geral. 
___Vamos à história dos manifestantes ateando fogo no fusca. 
___Vendo a notícia em TODOS os jornais que eu encontrei, a versão é que os manifestantes atiraram fogo no fusca. A fala do Jornal Nacional é, inclusive, "carro em movimento foi incendiado". Tá aqui o link, caso alguém queira ver. 
___Porém, pesquisando um pouco fora da imprensa tradicional, encontrei a versão dos manifestantes. Segundo eles, "Um senhor amedrontado, que dirigia um fusca onde estava sua família, tentou atravessar o fogo de uma barricada mas um colchão ficou preso embaixo de seu carro, sem notar o ocorrido e visivelmente atordoado, ele não desceu do carro para ver o que acontecia, ao perceber que o motorista não respondia aos alertas de que deveria sair do carro, fotógrafos e manifestantes retiram sua família salvando todos do fogo, na proximade da Praça Roosevelt, em São Paulo.". 
___"Ah, mas essa é a versão mentirosa desses vândalos!", talvez algum de vocês diga. OK. Então vamos ver umas fotos.

Sequência - Fogo no fusca - Protestos, Copa

___Realmente o colchão estava na rua e já haviam colocado fogo nele. Parece mesmo plausível que um motorista assustado tenha passado por cima da barricada com o colchão e se dado mal. Já imaginaram como seria complicado para os manifestantes colocarem aquele colchão por baixo de um "carro em movimento"?
___Opa, mas tenho mais uma fontezinha. Um vídeo mostrando que os manifestantes realmente fizeram de tudo para ajudar o dono do carro e a sua família. Percebam que é a mesma cena mostrada no Jornal Nacional, só que sem uma parte cortada.


___Volto a ressaltar que não sou a favor que depredem patrimônio público, que ataquem a população, que destruam os bens das pessoas. No entanto, depois de olhar o que eu dei para vocês, queridos, digam-me: foi exatamente isso que aconteceu? Se aconteceu, foi só isso? Dá mesmo para levar a sério a notícia como foi relatada nos jornais? 
___É sempre bom pesquisar antes de tecer opiniões duras, né?
___Beijos.
___Ulisses.

#####

Atualização (30/I/2014): A internet é um lugar interessantíssimo. Alguém publicou mais um vídeo sobre o assunto. Clique aqui para ver

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Site Meter