19 outubro, 2008

Excluídos por merecimento



_____Sexta-feira indiquei para vocês um livro que é, até hoje, muito importante para mim e que, acredito, pode ser lido com muito proveito por muitos de meus leitores. Hoje vou indicar um espetáculo (?) que, se depender de mim, meus leitores não vão nem chegar perto.
_____Semana passada fui ao Avenida Club assistir Exluídos, de João Carlos Ramos. Pela graça de Terpsícore, o espetáculo só vai contar com duas apresentações (a que eu vi, na semana passada – dia 12 –, e a de hoje – dia 19), o que, sinceramente, é bem mais do que eles merecem.
_____A idéia da peça é trabalhar com o tema da exclusão utilizando, principalmente, a dança de salão. Coreografias, músicas atípicas, depoimentos, textos, frases e a participação do público acabam compondo o trabalho.
_____Mesmo com profissionais da área, com alguns trechos bem montados, Excluídos é, no geral, de um amadorismo tosco, próximo de uma típica peça escolar. Grande parte dos dançarinos que subiram ao palco é bastante despreparada; a junção pobre entre os trechos da montagem, o tanto de pontos em que a peça se perde parece denotar uma quase inexistência de roteiro; os figurinos rústicos lembram um armário comum.
_____O ponto alto do espetáculo está na hora de rever preconceitos, principalmente entre brasileiros e argentinos. Misturando sambas e tangos, as interessantíssimas músicas escolhidas para o ponto, poderiam ter salvado o espetáculo de um grande fiasco. O som do Avenida Club, entretanto, está péssimo: as caixas estão estouradas, cheias de chiado. Uma vergonha sem par para uma casa que apresenta tantos espetáculos e trabalha há décadas com música. O resultado é que nem a boa seleção musical pôde ser aproveitada.
_____Saí descontente com o espetáculo. Como profissional da dança de salão, eu teria tido vergonha de participar (pelo que conheço, eu esperava mais de um pessoal do Andrei Udiloff*). Por fim, é necessário dizer: as pessoas do espetáculo podem até reclamar, mas a verdade é que elas merecem ser excluídas.

__________
* Da turma da Cia. Brasileira de Danças de Salão eu esperava isso mesmo.

Um comentário:

Site Meter