29 setembro, 2011

Oferta de emprego

___Depois dos últimos textos que eu publiquei aqui sobre Educação, deem uma olhada no que me enviaram.


Oportunidade de emprego


___Eu mereço, né? Se não fosse algo triste, seria até engraçado.


#####


P.S.: Antes que alguém pergunte, não estou, nem de longe, insatisfeito com o meu trabalho como professor; estou é muito feliz. Insatisfeito eu estou com o salário e com gente – como os políticos do PSDB – que utiliza escolas como a minha para fazer propaganda de como o governo é capaz de fazer “Educação de qualidade”.

27 setembro, 2011

Documentários e videntes

___– Amor, quer ver um documentário?
___– Claro. Quais as opções?
___– Deixe-me ver... Hum... Tem um aqui chamado O homem que previu o 11 de setembro.
___– Olha a sinopse. Se não for sobre o Osama Bin Laden, eu não estou interessado.

26 setembro, 2011

O castigo vem a cavalo

___Queridos leitores, vocês leram o meu artigo sobre a boa colocação da ETESP entre as escolas de Sampa, né? Pesado, não?
___Eu sei, foi falta de cautela escrever aquilo. Não se fala daquele jeito do lugar que você trabalha, dos seus superiores hierárquicos, do governo. É perigoso. Eu sabia que eu poderia ser castigado.
___No entanto, quando pensei em castigo, imaginei que eu poderia ser chamado à direção da escola para tomar um esporro, que eu poderia ser demitido, processado, preso, torturado, expulso do país ou qualquer coisa do tipo. Claro, existia a possibilidade de algo mais humilhante, como ser jogado em uma arena, de sunga, para lutar no gel contra o governador Geraldo Alckmin. E é só. Não pude conceber que algo pior pudesse acontecer.
___Infelizmente, leitores, o golpe que eu recebi foi muito mais duro. Hoje, eu me sinto humilhado, violado, sujo. Não quero mais sair à rua. Tenho vergonha, medo que me reconheçam. Olho para as pessoas, de canto de olho, cabeça baixa, receoso que me apontem. Nem mesmo perto dos meus conhecidos eu tenho coragem de ficar.
___Eu sei que a ETESP é um colégio famoso e que o bom resultado no ENEM iria atrair a atenção da imprensa. Não foi à toa que vários jornais e revistas apareceram por lá entrevistando, tirando fotos. E de todos eu fui aparecer bem em qual? Em qual?!? No jornal da Igreja Universal. O Horror! O Horror! Com foto e tudo! Puxa vida, é um castigo grande demais. Será que eu merecia tanto?


M. U. Trida - Aula - 1º Épsilon (2011) - ETESP


___Tá bom, fui muito dramático. Podia ser bem pior. Imaginem se eu estivesse na capa da Veja, ao lado do Alckmin, com uma manchete tipo “PSDB, ensinando a fazer educação pública de qualidade”.

24 setembro, 2011

Por que eles se vestem assim?

___Por alguma sorte do acaso, caiu na minha mão o livro Segunda-feira o rabino viajou, de Harry Kemelman. Contou-me a capa que esse é apenas mais um dos romances protagonizados pelo rabino David Small – que até então eu não conhecia.
___A figura do rabino tem me agradado bastante. Um dos motivos para isso é que a sensatez da personagem parece ser de grande eficácia para refletir sobre religião sem obscurecer as reflexões com dogmas. Fica um trecho que eu apreciei até não poder mais.


###


___Ao avistarem um praticante do judaísmo chassídico, a mulher de Small pergunta:




___“Por que eles se vestem assim, David?”.



___Ao que o rabino responde sorrindo:




___“Para falar a verdade, por puro conservadorismo. Essa é a roupa usada pelos mercadores poloneses e russos do século XVIII e, acredita-se, por Baal Shem Tov, o fundador do movimento naquele século, e para imitar o rebbe* eles a adotam também. Acho que os amish da Pensilvânia agem da mesma forma e pelo mesmo motivo. Tendemos a associar roupas com atitudes. Deve ser por isso que as pessoas, hoje, se opõem às novas maneiras de se vestir; elas as consideram sinal de uma rebelião, de uma ruptura não só com os estilos tradicionais mas igualmente com os valores e com a moral tradicionais.”.



__________
* Rabino em iídiche.

20 setembro, 2011

ETESP: mentiras e verdades na melhor escola pública de São Paulo

Nota: Este é mais um post da série “Vamos ver se eu me ferro profissionalmente.”. O ponto é que, mesmo sabendo que um texto deste pode custar a minha cabeça, sou obrigado a dizer: o preço de ficar calado é maior.


#####


Ranking
___Viram os resultados do Enem de 2010 publicados na semana passada? Pois bem, reles mortais, morram de inveja: a escola pública em que eu leciono não só está entre as melhores do estado, como, também, é a única pública entre as dez melhores.
___Sabem o que eu acho disso? Acho que isso é uma vergonha! (Droga, falando assim eu pareço o Boris Casoy.).


Rede pública e o ENEM


___Não, não tenho vergonha de dar aula na ETESP. Tenho orgulho. (Tenho vergonha é de ter parecido com o Boris Casoy no parágrafo anterior.). Amo aquela escola, a liberdade que professores e alunos podem desfrutar, o ambiente que permite um bom trabalho, grande parte do corpo docente. A Escola Técnica Estadual de São Paulo é mesmo maravilhosa. Horrível, no entanto, é que ela seja a única pública entre as dez melhores.
___Um quadro assim deveria ser alardeado como uma desgraça. Como é que os jornais não publicam entrevistas e mais entrevistas com o governador, perguntando se ele não tem vergonha na cara?  Como pode ser encarado com normalidade que apenas uma escola pública consiga uma boa colocação entre todos os colégios públicos do estado? Ao invés de criticar tal despautério, a imprensa noticiou o fato fazendo lindas reportagens sobre como a ETE São Paulo é maravilhosa.


###


Caminho errado
___Claro, é importante mostrar exemplos que deram certo para fornecer o caminho para quem não está tão bem assim. Infelizmente, o exemplo da ETESP não é o melhor, para falar a verdade, ele não é nem possível.
___Para se conseguir o direito de estudar na melhor escola pública da São Paulo é necessário passar por um vestibulinho. Se esse for o caminho, as escolas públicas terão de se tornar lugares excludentes, que só permitem a entrada de alguns privilegiados bem preparados. Tais quais as universidades públicas.
___O caminho para melhorar o ensino público deveria vir de alguns elementos das outras nove melhores escolas de São Paulo –, as privadas. Não que os colégios particulares sejam maravilhosos, perfeitos, altos, loiros, de olhos azuis e barrigas tanquinho. O ponto é que, com raríssimas exceções, qualquer um que pague a mensalidade pode estudar neles. Os colégios do governo – teoricamente – têm de oferecer vagas para todos e, portanto, precisam estar preparados para conseguir bons resultados na mesma condição que os particulares: não importando qual o público atendido.
___Outros elementos importantes, que podem ser facilmente percebidos pelos resultados absurdamente superiores das escolas particulares, é que infraestrutura decente, número razoável de aulas e salários mais respeitosos, geram resultados melhores. Nada disso as escolas públicas têm. Vale dizer, nem a ETESP tem.


###


Mentiras
___Já que o resultado da Etec São Paulo foi muito bom, os jornais – incompetentes e/ou parciais – fizeram apenas reportagens acríticas, que não pararam de enaltecer as qualidades da escola. Lendo as matérias, fica-se com a certeza de que a ETESP é a última camisinha da gaveta. Como a situação não é tão poliânica quanto a imprensa noticiou, acho que vale a pena apontar alguns furos.
___Uma das reportagens aceita como explicação para o sucesso do colégio os “professores, que são preparados e motivados”. Realmente, existe muita gente boa no corpo docente da ETESP e eu agradeço pelo “preparado”. E, admito: sou um empolgado. Porém, vamos ser realistas: dá para dizer que alguém fica motivado recebendo R$ 10,00 hora/aula? Isso mesmo, DEZ REAIS por aula! Dez reais para preparar uma aula, dar a aula, atender os alunos fora de sala, corrigir provas. Dez reais. Alguém fica motivado com isso?
___Antes que alguém venha questionar, o aumento, que o governador Geraldo Alckmin anunciou em MAIO, ainda não pingou na minha conta. Dava para ganhar mais, por hora, pedindo esmola – e eu nem ia precisar ter o trabalho de preparar aula.
___Elogios às salas multimídia, à biblioteca, são feitos como se não existissem defeitos. Por exemplo, valia citar como o número de salas multimídia não é condizente com a quantidade de alunos. Ou que as falhas dentro das que existem são bem frequentes. Mas, vou falar do que os jornais deixaram, sem querer, transparecer.
___O G1 disse que a biblioteca da ETE São Paulo tem “20 mil volumes, incluindo materiais de pesquisa”. Se são realmente 20000, eu nem imagino; porém, eu sei que não é um local de fácil consulta. Se o G1 não sabe disso, repito, é por incompetência e/ou por parcialidade.
___Olhem a foto publicada pelo G1.


Biblioteca da ETESP


___Perceberam? Não? Então, parem de olhar para o aluno no meio da foto, olhem para os livros da biblioteca. Vou aproximar a imagem.


Biblioteca da ETESP - Detalhe


___Entenderam? É uma biblioteca, com, teoricamente, 20 mil volumes, e os livros não estão classificados. Olhem como ficam os livros, com classificação, em uma biblioteca séria.


Biblioteca séria


___Todas as lombadas têm uma marcação para dizer qual é a obra. Completamente diferente da biblioteca da ETESP. Como pode se elogiar uma biblioteca em que não se consegue encontrar os livros que se quer?


###


Então, na verdade, a ETESP é ruim?
___Não. A ETESP não é ruim. Ela é maravilhosa. Só que não é boa por causa do governo. Por isso mesmo que me incomoda quando, após o bom resultado, aparece um burocrata qualquer, “coordenador do ensino médio e técnico do Centro Paula Souza*”, dando entrevista para a Folha dizendo que “a aliança do ensino básico com o técnico resultou no bom desempenho.” e que “[Nós do Centro Paula Souza] Também estimulamos os professores a cursar uma especialização, mestrado ou até doutorado para se manterem atualizados”.
___Afirmar que o bom resultado vem da aliança entre ensino básico e técnico, demonstra um completo desconhecimento de como a ETESP funciona – já que é a minoria dos alunos que faz o médio e o técnico ao mesmo tempo. Além disso, o senhor “coordenador do ensino médio e técnico” e a Folha podem me explicar como a Escola Técnica Estadual Professor Carmelino Correa Jr conseguiu ter o terceiro pior resultado do estado, já que ela também faz parte do Centro Paula Souza e lá também existe “aliança do ensino básico com o técnico”?
___Quanto ao estímulo aos professores para “cursar uma especialização, mestrado ou até doutorado para se manterem atualizados”, por favor, não que seja proibido contar piadas em jornais, mas é sempre bom não exagerar. Com o salário ridículo que o Centro Paula Souza paga, mal dá para pagar as contas, imagine comprar livros, empreender viagens de pesquisa, arrumar tempo livre para escrever.
___A verdade é que a ETESP conta com professores dedicados (mesmo ganhando mal, muitos dos professores se esforçam ao máXimo para garantir que os estudantes irão aprender), com alunos bem preparados (como é necessário vestibulinho para entrar na escola – e a ETE São Paulo é uma escola muito bem conceituada e disputada –, costumam entrar ótimos alunos) e uma Associação de Pais e Mestres muito ativa (que fornece à escola grande parte das verbas e funcionários que o governo não dá).
___O bom resultado da Escola Técnica Estadual de São Paulo é reflexo dos alunos esforçados e que já chegam bem preparados (e que costumam ter dinheiro para auxiliar os próprios estudos), de ótimos professores (que se dedicam muito, mesmo não recebendo as recompen$a$ devidas), de uma liberdade atípica, de uma comunidade atuante e de muitos outros fatores. Nenhum desses fatores, infelizmente, vindos do poder público. Só que, em época de eleição e de bons resultados, nunca falta algum burocrata inútil ou um político desonesto tomando as glórias da única escola pública fabulosa do estado para si.


__________
* O Centro Paula Souza é a autarquia do Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que administra as faculdades de tecnologia e as escolas técnicas, incluindo a ETESP.

16 setembro, 2011

O Exemplo

___Depois de ver eu me metendo em mais uma encrenca, uma amiga querida sorriu e me disse:
___– Sabe, Ulisses, você é o meu mau exemplo preferido.
___Não sei se foi um elogio, mas eu gostei.

09 setembro, 2011

Atentados de 11 de setembro – Dez anos depois

___Primeira página de um jornal brasileiro, pouco depois do Ataque. Mensagem do presidente ao Congresso, solicitando a declaração do estado de guerra.




___Ao Congresso dos Estados Unidos:
___No dia de ontem, 11 de setembro de 2001, data que ficará registrada nos anais da infâmia, os Estados Unidos da América foram brusca e repentinamente atacados.
___Os Estados Unidos se encontravam em paz.
___Há de se recordar que suas características tornam patente que o ataque foi preconcebido, e projetado pelo espaço de muitos dias e quiçá semanas.
___O ataque de ontem, sobre às Torres Gêmeas, causou grandes danos ao país. Sinto dizer que se perderam muitas vidas americanas. Não apenas em Nova Iorque, mas também na sede do Pentágono e na Pensilvânia.
___Os fatos de ontem e de hoje falam por si mesmos.
___O povo dos Estados Unidos já formou sua opinião e compreende muito bem suas responsabilidades no que respeita a segurança da nossa Pátria.
___Em minha qualidade de comandante chefe do Exército e da Marinha, ordenei que se tomem as medidas necessárias para a nossa defesa. Sempre haveremos de recordar e toda a nação recordará a forma de que se revestiu o ataque contra nós.
___Seja qual for o tempo que precisemos para vencer esta agressão premeditada, o povo americano, com a potência que lhe dá o direito, prosseguirá até conseguir a vitória absoluta.



###


___Já admito agora, enganei vocês com o título. O texto acima, com pequenas modificações e supressão das referências ao Japão, não foi o discurso de George W. Bush ao Congresso, após os Atentados de 11 de setembro. Trata-se da fala de Franklin Delano Roosevelt, após o Ataque a Pearl Harbor, em 7 de dezembro de 1941.


Discurso de Roosevelt após o ataque à Pearl Harbor - Parte 1


Discurso de Roosevelt após o ataque à Pearl Harbor - Parte 2


___Mesmo sendo um discurso redigido em outro momento, é bem clara a coincidência de tom. Após a fala de Roosevelt, os Estados Unidos oficialmente entraram na II Guerra Mundial. Um discurso parecido de Bush, colocou os EUA na sua interminável “Guerra contra o Terror”. Por conta do Ataque de 1941, os norte-americanos lançaram duas bombas atômicas contra o Japão. Em virtude do Atentado de 2001, ainda hoje, quase dez anos depois, os americanos ocupam o Afeganistão e o Iraque.
___Foram horríveis os ataques sofridos pelos Estados Unidos em 1941 e 2001? Claro, que foram. Trata-se de momentos históricos lamentáveis, que resultaram em incontáveis mortes. A pergunta que faço, que coloco ao sobrepor o discurso de Roosevelt com a mensagem de Bush, é se esses ataques justificam o bombardeamento de outra nação com armas atômicas ou a ocupação de outros países dez anos depois do ocorrido.

07 setembro, 2011

Putos!

___Em meio a uma conversa, descobri que, em Portugal, informalmente, usam a palavra “putos” para falarem de meninos. Achei estranhíssimo, mas até um dicionário lusitano me confirmou a veracidade da informação:




puto
(latim putus, -i, menino, rapazinho)
s. m.
1. [Informal]  Criança ou jovem do sexo masculino. = GAROTO, MENINO, MIÚDO, RAPAZ
2. [Informal]  Filho.
pron. indef.
3. [Informal]  Coisa nenhuma (ex.: não percebi puto). = NADA
adj. m.
4. [Informal]  Muito zangado. = FULO



___Agora, caso algum leitor de bom coração saiba, eu gostaria de saber, como, informalmente, chamam as meninas em Portugal. Já conferi, não é só passar o “putos” para o feminino.

04 setembro, 2011

Simpatia infalível para trazer a pessoa amada

___Publiquei um texto, em 2008, tirando sarro de uma matéria de Psicologia chamada “Psicologia Experimental – Relacionamento amoroso: teoria e pesquisa”. Sendo uma matéria universitária, com duração de seis meses, intitulei o artigo de “Como trazer a pessoa amada em um semestre”. Nem imagino se os inteligentes leitores do blog apreciaram o artigo, pois apenas uma o comentou. No entanto, é uma postagem com muitos comentários, bem mais de 50. ___Os comentários, infelizmente, não são nada interessantes. Praticamente todos são de idiotas que procuraram “Como trazer a pessoa amada” no Google, mal leem o texto – acho até que mal leem o título – e postam o texto de uma simpatia qualquer. Tanto que eu, que normalmente leio o que comentam aqui no Incautos com muita atenção, nem chego a passar os olhos direito pelos comentários dessa postagem. ___Há alguns dias, no entanto, publicaram uma nova simpatia e, quando recebi o e-mail do comentário, acabei lendo. Não só acabei lendo, como, também dei muita risada. Colo abaixo.
oração para trazer a pessoa amada em 24h escreva na sola do pé esquerdo o nome da pessoa amada e aperte no chão dizendo três vezes: debaixo do meu pé esquerdo, te prendo (nome da pessoa)te amarro (nome da pessoa) e te mantenho (nome da pessoa) pelo poder das treze almas bendita. que assim seja. que vc venha me procurar em 24h,dizendo que me ama e que quer ficar pra sempre comigo. enquanto vc não vier não irá comer, não irá dormir e nem irá ter vontade de outro homen a não ser eu. assim seja, assim será. ( publicar 4 vezes e não revelar o sonho dessa noite a ninguem)
___A realidade não poderia ser mais divertida. Tá certo, se eu pudesse ver, ao vivo, alguém escrevendo o nome da pessoa amada no pé esquerdo e, logo depois, dando fortes pisadas no chão, eu acharia a vida mais engraçada ainda.
#####
P.S.: Não consigo deixar de imaginar a situação. A pessoa faz a simpatia para me atrair. Louco de amor, corro para a sua casa, faço uma linda declaração. Entro na casa do meu novo amor, trocamos beijos, carícias, vou tirando sua roupa... até que tiro sua meia do pé esquerdo e vejo meu nome escrito. Eu iria rir tanto que eu duvido que tivesse alguma simpatia que me prendesse novamente. P.P.S.: Esses monogâmicos do mundo sempre me deixam confuso. Por que quem ama alguém vai desejar que a pessoa fique sem comer e sem dormir? Nem quero saber o que acontece com as pessoas que eles odeiam. (Será que escrevem o nome dos odiados no pé direito e a pessoa é picada por uma mosca tsé-tsé durante um farto jantar?)
Site Meter